Sampaoli admite derrota mas não entrega o cargo; Flamengo estaria de olho em ex-técnico da Seleção para substituí-lo

Publicado :

O fracasso do rubro-negro na final da Copa do Brasil deverá ser suficiente para demitir Jorge Sampaoli. O desgaste entre o argentino e o elenco do Flamengo já vinha sendo relatado pela imprensa há algumas semanas. O técnico é conhecido por seu estilo exigente e por sua personalidade forte. Isso teria gerado conflitos com alguns jogadores, que não se adaptaram ao seu método de trabalho.

A derrota do Flamengo para o São Paulo por 1 a 1, no Morumbi, deu ao rubro-negro o vice-campeonato da Copa do Brasil. A perda do título, que já era esperada por conta do fraco desempenho do time nos últimos jogos, teve ainda outros agravantes: o desgaste entre o técnico Jorge Sampaoli e o elenco, fatalmente coloca o cargo do argentino em risco, já tendo sido tomada a decisão do seu corte.

Assumindo o fracasso

Após o jogo, em coletiva de imprensa, Sampaoli assumiu a derrota, apesar de manter firme o posicionamento de que o Flamengo teria atuado melhor que o São Paulo:

“O São Paulo fez um gol no final do primeiro tempo, onde não havia tentado nada. No segundo tempo o time foi buscar, um jogo muito picotado pelo árbitro, muito picotado. Para mim, o time foi melhor que o São Paulo e não pôde ganhar”, disse o argentino.

Quando questionado sobre seu futuro com o time, pensando numa evidente dispensa, o treinador afirmou:

“Não penso nisso (pedir demissão). Essa avaliação tem que ser do presidente do clube”.

Conversa de vestiário

No entanto, segundo rumores, a conversa de Sampaoli com os atletas no vestiário foi bem diferente. De acordo com a ESPN, o treinador teria dito aos jogadores que eles não souberam aproveitar o seu trabalho e que ele também não soube aproveitar o potencial do elenco:

“Vocês não souberam me aproveitar e eu não soube aproveitá-los”, teria dito Sampaoli.

Ainda segundo fontes, o clima era de abatimento e silêncio. Os jogadores preferiram não se pronunciar.

Tragédia anunciada

O desgaste entre Sampaoli e o elenco rubro-negro já vinha sendo relatado pela imprensa há algumas semanas. O argentino é conhecido por seu estilo de jogo exigente e por sua personalidade forte. Desde o incidente com o atacante Pedro e o seu ex-braço direito, Pablo Hernandez, o caldo teria desandado. De lá pra cá, inúmeros problemas passaram a se tornar evidentes, o que teria gerado ainda mais  conflitos entre os jogadores, que não se adaptaram ao seu método de trabalho.

Tite nas cabeças

Com a derrota do FLA, a solução mais provável é demitir Sampaoli. O que não se sabe ainda é se será agora, ou depois. A diretoria do Flamengo já está trabalhando, e todas evidências apontam que a ideia seja contratar Tite como substituto do argentino.

Tite está afastado do futebol desde que deixou a seleção brasileira após a Copa do Catar de 2022. O técnico é um dos mais vitoriosos do futebol brasileiro e conta com um currículo que inclui a Copa do Mundo e outros grandes torneios. 

A chegada de Tite ao Flamengo poderia ser uma aposta arriscada, mas também uma oportunidade para o clube sair da seca de um ano sem títulos.

Acompanhe notícias sobre o Flamengo no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Sampaoli admite derrota mas não entrega o cargo; Flamengo estaria de olho em ex-técnico da Seleção para substituí-lo