Galvão fala o que pensa sobre os 23 convocados por Diniz para Jogos da Seleção

Publicado :

O técnico interino da seleção brasileira, Fernando Diniz, convocou 23 jogadores para as duas primeiras rodadas das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. A lista de convocados inclui novidades e outras, nem tanto. O narrador Galvão Bueno elogiou a lista de Diniz, a qual definiu como "autoral". Afirmou que Diniz mesclou jovens com nomes experientes e que fez poucas ressalvas, a não ser pela presença de Danilo, zagueiro na Juventus, como lateral-direito.

O novo técnico interino da Seleção Brasileira, Fernando Diniz, fez a sua primeira convocação. Ele chamou 23 jogadores para os dois primeiros jogos das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. Entre os convocados, há surpresas como o goleiro Bento, do Athletico Paranaense, e o atacante Matheus Cunha, do Wolverhampton, da Inglaterra. A notícia, obviamente, foi alvo de bastante repercussão, e não deixou de passar pela língua afiada de Galvão Bueno, que se dedica atualmente ao seu canal no Youtube.

De férias em Jeri

De férias em Jericoacoara, de onde tem gerado bastante notícia, Galvão Bueno aprovou a lista de Diniz : o ex-narrador afirmou que ela possui a sua marca pessoal, e que Diniz combinou jovens com veteranos. A sua única crítica esteve relacionada à escolha de Danilo, que atualmente joga na posição de zagueiro na Juventus, como lateral-direita:

“Não vi nada de extraordinário nem de absurdo. Eu achei uma convocação com a cara dele, como o seu futebol é com a cara dele”, falou Galvão Bueno. “Os goleiros são Alisson, Bento e Ederson. Ele deixou o Weverton de fora, que está há muito tempo na seleção. Os laterais são novos, como o Vanderson, Caio Henrique e o Renan Lodi, que já trabalhou com ele. O Danilo, pela direita, não atua mais nessa posição desde antes da Copa, é zagueiro de área na Juventus, mas sempre foi um ótimo jogador. Ibañez, Gabriel Magalhães, Marquinhos e Nino, que todo mundo esperava.”, comentou.

Mais elogios

Em seguida, Galvão Bueno elogiou os volantes e meias convocados, aproveitando para sair em defesa de Matheus Cunha. Apesar do atacante ter sido criticado pelos torcedores, o narrador destacou o seu excelente desempenho na conquista do segundo ouro olímpico do Brasil. De fato, ainda há um ressentimento forte entre os torcedores da Seleção e os atletas que perderam a Copa do Catar em 2022. No entanto, na perspectiva de Galvão, é importante dar uma segunda chance a quem quer que seja, sobretudo se os antecedentes dessa pessoa podem conspirar ao seu favor:

“Os volantes e meias são André, do Fluminense, correto. Bruno Guimarães, que eu gosto muito. Casemiro, que é titular absoluto. Joelinton, que pode ter sido uma surpresa, e o Raphael Veiga, do Palmeiras, que é justo, pois está jogando um futebol lindo. Os atacantes não têm novidade, talvez o retorno do Matheus Cunha, que sempre foi um grande jogador e foi muito bem na conquista do ouro olímpico. Antony, Martinelli, Neymar, Richarlison, Rodrygo e Vini Júnior. Boa sorte, Diniz. Boa sorte, Diniz. Bora lá”, finalizou.

Fernando ‘Julius’ Diniz

Interino da Seleção Brasileira, Fernando Diniz deverá conciliar, até meados de 2024, dois empregos: ele é o atual técnico do Fluminense, equipe a qual ocupa o terceiro lugar na Tabela do Brasileirão. Diniz permanece no cargo até a provável data de liberação de Carlo Ancelotti, atualmente comprometido com o Real Madrid. Até lá, Ancelotti afirmou que não dará “nem mais um piu” sobre tais rumores, só devendo falar estritamente dos assuntos que se refiram à Casa Branca.

A seleção brasileira estreia nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2026 no dia 8 de setembro, em Belém, contra a Bolívia. Na sequência, o Brasil mede forças diante do Peru, no dia 12 de setembro, fora de casa.

Acompanhe a repercussão sobre a convocatória no Twitter:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 17 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Galvão fala o que pensa sobre os 23 convocados por Diniz para Jogos da Seleção