‘Diz que fui por aí!’: Presidente da FIFA viaja ao Taiti durante Copa do Mundo Feminina e é detonado nas redes

Atualizado :

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, causou polêmica ao deixar a Nova Zelândia e a Austrália, onde acontece a Copa do Mundo feminina de futebol, para visitar o Taiti, um território francês na Oceania. Ele foi conhecer a seleção de futebol de areia do país, que vai disputar a Copa do Mundo da modalidade em Dubai. A imprensa internacional criticou a viagem do dirigente e duvidou do seu interesse pela igualdade de gênero no esporte.

Enquanto a Copa do Mundo Feminina de futebol acontece a todo vapor na Nova Zelândia e na Austrália, batendo recordes de audiência e criando um novo parâmetro na cultura de apreciação da modalidade no mundo, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, decidiu fazer uma visita ao Taiti, território francês na Oceania. A viagem de quatro dias do dirigente gerou polêmica na imprensa internacional, que questionou o seu compromisso com a igualdade de gênero no esporte.

Não ia bombar?

Vale lembrar que, nas palavras de Infantino, esta edição do evento iria ser um divisor de águas na cultura, premeditando o êxito midiático do Mundial, o qual vai muito bem em cotas de patrocínio e direitos de transmissão.
Infantino chegou a assistir a alguns jogos da primeira fase da Copa, mas logo em seguida embarcou em um jato particular rumo ao Taiti, onde foi conhecer a equipe de futebol de areia daquele país. O Taiti vai disputar a Copa do Mundo de Futebol de Areia em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, em novembro deste ano.

Meias-desculpas

O argumento de Gianne foi o de que sua visita ao Taiti fazia parte do seu trabalho de promover o futebol em todas as suas modalidades e regiões. No entanto, sua conduta chegou a ser comparada com o seu antecessor, Joseph Blatter, o qual também costumava fazer viagens controversas durante os torneios promovidos pela própria entidade.

Alguns jornais ingleses criticaram Infantino por ter abandonado o país-sede da Copa feminina, uma vez que o mesmo foi presença constante nos jogos da Copa masculina no Qatar, no ano passado. Eles também questionaram se o dirigente realmente se importa com a equidade no futebol, por trazer essa pauta para os seus discursos:

“O presidente da Fifa fala sobre a questão da igualdade no futebol masculino e feminino, mas sua ausência no torneio feminino levanta dúvidas sobre essa intenção”, escreveu o jornal Dailymail.

Acompanhe novidades sobre a Seleção Brasileira no Twitter:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 21 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > ‘Diz que fui por aí!’: Presidente da FIFA viaja ao Taiti durante Copa do Mundo Feminina e é detonado nas redes