Cai ou não cai? Aproveitamento do Corinthians é abaixo dos 45% até agora

Publicado :

O Timão começou 2023 envolvido em polêmica com Vítor Pereira. Depois veio Lázaro, inexperiente e que patinou, não fazendo o time jogar o que podia. Veio Cuca e só durou um jogo. Agora o problema tá na mão de Luxa. Treinador só tem aproveitamento de 27% até agora. Se mantiver esse número baixo, o destino do Timão em 24 será a Série B.

A temporada de 2023 não tem sido nada boa para o Corinthians. O desempenho do Timão até agora está bem abaixo dos 50%. Para ser preciso, o alvinegro está com um aproveitamento de apenas 43%. Luxemburgo, que está a pouco mais de um mês no cargo, tem aproveitamento de 27%. Esses números são algo incompatível com o seu tamanho do clube paulista e, na verdade, com a sua atual folha de pagamento. O Corinthians tem uma das cinco maiores folhas salariais do futebol brasileiro, se juntando a um grupo que conta também com São Paulo, Atlético-MG, Palmeiras e Flamengo.

2023 já não começou bem

Os primeiros meses do ano do Timão foram consumidos pela polêmica envolvendo Vítor Pereira, técnico português que trocou o Corinthians pelo Flamengo na virada de 2022 para 2023. A diretoria alvinegra apostou errado numa resposta caseira e inexperiente. Lázaro assumiu e, jogo a jogo, a sua inexperiência foi levando o Timão a maus resultados no primeiro semestre. Jogos muito ruins no Paulistão e nas primeiras rodadas da Libertadores.

Sai Lázaro, entre Cuca. Pior escolha possível. Envolvido num crime de estupro coletivo na Suíça nos anos 80, no qual Cuca foi julgado e condenado culpado pela justiça suíça, o treinador durou apenas um jogo. Sai Cuca e entra Luxa, veterano treinador, um quadro histórico do próprio Corinthians, mas alguém que assumiu o cargo sob forte desconfiança dos torcedores e jornalistas, pois seus últimos anos foram ruins. Seu último título foi um Campeonato Paulista em 2019, quando ainda comandava o Palmeiras em 2020.

Luxa com 27%

É verdade que Luxa pegou o Corinthians em meio a uma grande crise. O clima no Parque São Jorge era quentíssimo por conta da polêmica envolvendo Cuca e o fraquíssimo futebol da “Era Lázaro”. E o calendário de maio, jogando de seguida contra Botafogo, São Paulo, Atlético-MG, Flamengo, Argentino Jrs, Fluminense foi realmente um teste de fogo para Luxa. Dessa forma, só com muita sorte seu desempenho seria muito melhor. Boa parte da torcida entendeu os maus resultados por conta dos jogos difíceis de maio. Mas junho já está chegando a metade e derrotas e empates para times mais modestos, como América-MG e Cuiabá, ligaram o alerta da torcida e as cobranças sobre Luxa começaram a ser mais quentes. Os números de Luxemburgo realmente são ruins: foram apenas apenas duas vitórias, quatro empates e seis derrotas nos 12 jogos disputados até aqui. O aproveitamento do treinador no clube é de 27%.

Cai ou não cai?

Se estes números se mantiverem até o final da temporada, o Corinthians irá fatalmente jogar a Série B em 2024. Esta “data FIFA”, quando os jogos no Brasil param, pode ser uma excelente oportunidade para Luxa finalmente arrumar o time e começar a buscar as vitórias necessárias para que o Timão não tenha um segundo semestre de desespero. O Corinthians tem que dormir e acordar com uma só obsessão: fazer, o quanto antes, os tais 45 pontos no Brasileirão. A pontuação mínima para um time não queimar no fogo da segunda divisão.

Mais sobre o Corinthians na conta oficial do clube no Twitter:

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 19 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Cai ou não cai? Aproveitamento do Corinthians é abaixo dos 45% até agora