Deboche e rancor: Renato Gaúcho critica Flamengo e compara jogadores a quilos de arroz

Publicado :

Renato Gaúcho está fazendo uma belíssima campanha de retorno do Grêmio à Série A, tendo deixado a equipe em terceiro lugar na Tabela do Brasileirão. O técnico do Tricolor, no entanto, não esconde seu desalento quando o assunto é o Flamengo e seu poderio econômico. Para ele, o rubro-negro compra jogadores como quem compra "quilos de arroz".

As duas vitórias do Flamengo sobre o Grêmio parecem ter reavivado um sentimento incômodo em Renato Gaúcho. Apesar de ser ele o responsável por levar o tricolor gaúcho à  3ª colocação do Campeonato Brasileiro, marcando assim um grande retorno à Série A na atual temporada, parece que nem tudo anda do jeito que ele gostaria.

Fla X Gre

As duas ocasiões recentes nas quais os Grêmio enfrentou o rubro-negro, foram pelas semifinais da Copa do Brasil, tendo o FLA vencido em ambas: a primeira, na Arena ganharam de 2 a 0. A segunda, no Maracanã, 1 a 0.

Em entrevista ao GE, Gaúcho afirmou estar satisfeito com seus jogadores, mas não pôde deixar de alfinetar o Flamengo, algo comum em sua carreira, marcada também por uma língua afiada, que diz o que pensa. Para ele, o que pega em particular é o poderio econômico do time carioca:

“Muito satisfeito. Lógico que eu quero ganhar, o torcedor quer ganhar, mas tem que olhar para o outro lado. O Flamengo também quer ganhar e é um clube que contrata, a folha de pagamento é quatro vezes maior que a nossa. É alta para na hora do vamos ver, ganharem […] Tanto que estão na final (da Copa do Brasil). Na hora do vamos ver tem que colocar na balança o que foi gasto e o que pode ser cobrado. A gente também quer ganhar, mas do outro lado pegamos um clube que tem. O Grêmio não tem. Tem que viver a realidade”, afirmou.

Quilo de arroz

Espirituoso, Renato Gaúcho continuou sua crítica ao modelo econômico de atuação adotado pelo Flamengo, e não pôde deixar de fazer uma analogia inusitada com a forma com que o clube lida com as contratações dos seus atletas, comparando-os a quilos de arroz:

“O Grêmio trouxe o Suárez e quem paga são os patrocinadores. Flamengo não precisa disso. Muito pelo contrário. Buscam jogadores do jeito que querem, como se fosse comprar um quilo de arroz. É outro patamar né. Aí na hora do vamos ver, vai medir forças”.

Vale lembrar que, em 2020, Renato já demonstrava incômodo com essa forma de gestão, considerada por ele, desleal para com os outros clubes, os quais não possuem tamanho poder de compra. Para ele, se as outras equipes possuíssem as mesmas condições, o futebol nacional seria bastante diferente.

Renato do FLA

Apesar do despeito, a relação de Gaúcho com a equipe rubro-negra data de um longo tempo atrás. Ele foi técnico em 2021, mas como jogador teve uma relação de idas e vindas, chegando a ser considerado “Rei do Rio”, dado o seu gosto pelas farras e praias cariocas. Em 1987, foi o grande nome na conquista da Copa União, tendo sido eleito o melhor jogador do campeonato naquele ano. Renato Gaúcho tornaria a atuar como jogador ao Fla outras três vezes mais, deixando seu nome na história de um clube com o qual hoje ele rivaliza.

Acompanhe a repercussão da relação entre Renato e o Fla no twitter:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 22 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Deboche e rancor: Renato Gaúcho critica Flamengo e compara jogadores a quilos de arroz