Calor de matar deixa alerta ligado e preocupa dirigentes da Copa do Brasil

Publicado :

A final da Copa do Brasil, que acontecerá neste domingo (24), em São Paulo, entre São Paulo e Flamengo, terá um desafio extra para os dois times e para a torcida: o calor escaldante. A temperatura na capital paulista pode chegar aos 38ºC, o que representa um recorde para o mês de setembro. Os técnicos dos dois clubes estão preocupados com o impacto do calor no desempenho dos jogadores, e a CBF decretou paradas médicas para evitar problemas de saúde. A torcida também deve tomar cuidado para se proteger do sol.

Além da preocupação em garantir a Taça da final da Copa do Brasil, que será disputada hoje, 24 de setembro, no Estádio do Morumbi, São Paulo e Flamengo têm uma preocupação extra, tanto para seus atletas, quanto para a torcida presente: o calor intenso.

Tá calor, tá quente

Segundo a previsão do tempo, a temperatura na capital paulista pode chegar aos 38ºC, representando um recorde para o mês de setembro. A previsão da MetSul é de que as máximas na tarde deste domingo variem entre 36ºC e 38ºC na maioria dos bairros. Por conta dos múltiplos presentes microclimas em SP, é comum que a temperatura varie entre diferentes lugares, aquecendo menos nas áreas um pouco mais arborizadas, e com menos construções- o que não é o caso do Morumbi.

Além disso, a partida se inicia em um horário complicado, sendo as 16h a hora mais quente do dia: de acordo com os metereologistas, em ondas de calor mais secas, a tendência é que o ápice do abafamento aconteça por volta das 17h.

Vai passar mal

Dorival Júnior, técnico do São Paulo, está preocupado com o impacto do calor no desempenho dos jogadores. O treinador já implementou um plano de hidratação e descanso para os atletas. Sobre isso, ele declarou:

“É uma situação que estamos preocupados há algum tempo. Há mais de dez dias estamos fazendo um processo de hidratação muito forte com os jogadores, tentando prevenir e melhorar na totalidade o aproveitamento do grupo em relação a tudo isso. Sabemos que pode ser um dia muito quente. Estamos tentando fazer isso para dar as melhores condições aos jogadores” afirmou Dorival.

Cuando calienta el sol

O Flamengo também está tomando medidas para evitar problemas com o calor. Apesar da fama de cidade ensolarada do Rio de Janeiro, convém tomar precauções. O técnico Jorge Sampaoli determinou que os jogadores bebam bastante líquido e que evitem a exposição ao sol. A preparação começou desde a semana passada, com uma estrita dieta, e uma grande abundância de líquidos passou a ser oferecida aos atletas.

Deixa o Verão pra mais tarde

Afim de evitar grandes problemas, a CBF decretou ‘paradas médicas’, as quais devem ocorrer 30 minutos antes do início de cada tempo. Além da ingestão de líquidos obrigatória, os atletas e árbitros terão acesso à toalhas umedecidas, nebulização, isotônicos e carboidratos leves à disposição, como forma de conter os danos provocados pela temperatura excessiva.

Com os árbitros e atletas salvaguardados, cabe à torcida também tomar cuidado com o calor. Com início às 16h, é evidente que os torcedores presentes no Morumbi estarão expostos ao sol durante bastante tempo.

Desssa forma, a Defesa Civil do Estado de São Paulo recomenda que os torcedores tomem os seguintes cuidados:

  • Beba bastante líquido, mesmo que não esteja sentindo sede.
  • Use roupas leves e ventiladas.
  • Use chapéu ou boné para se proteger do sol.
  • Evite ficar exposto ao sol por longos períodos.

Acompanhe novidades do esporte no Twitter do GE:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 23 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Calor de matar deixa alerta ligado e preocupa dirigentes da Copa do Brasil