CBF reconhece falha grave com VAR, em lance de Corinthians x Grêmio

Henrique Neves

Publicado :

A CBF admitiu erro de arbitragem em não marcar pênalti para o Grêmio no empate em 4 a 4 com o Corinthians. A bola bateu no braço do jogador do Corinthians, Yuri Alberto, em posição considerada antinatural. O VAR não recomendou a revisão do lance, gerando insatisfação no Grêmio. O episódio mostra que o VAR ainda falha, quando o assunto é evitar erros de arbitragem.

Terça-feira animada! A CBF acaba de anunciar, através de um comunicado oficial, que houve erro da arbitragem ao não marcar pênalti para o Grêmio no empate em 4 a 4 com o Corinthians, na Neo Química Arena, na noite de ontem, 18 de setembro. A falta rolou aos 49 minutos do segundo tempo, quando a bola bateu no braço do jogador do Corinthians, Yuri Alberto, em posição antinatural.

Divulgação de áudios

No áudio divulgado pela própria Comissão, é possível escutar a discussão entre os especialistas. O árbitro de vídeo Emerson de Almeida Ferreira afirma que Yuri Alberto estaria com o braço em “posição natural”, quando a bola o atingiu, depois do cruzamento de Ferreira. Já o AVAR2, Michel Patrick Costa Guimarães, discorda e diz que o braço do jogador do Corinthians estava “muito aberto”.

Insatisfação

A decisão dos árbitros em não marcar o pênalti foi contestada pelo Grêmio, que não somente protestou a grande falha, como criticou a equipe responsável pelo controle. Vale lembrar que o VAR é uma tecnologia relativamente nova implementada no esporte, mas altamente respeitada, pelo grau de precisão com a qual a tecnologia ajuda a evitar injustiças e falhas. Na ocasião da partida, o técnico Renato Gaúcho chegou a dizer que o jogador Luan, ex-Timão, bateria a penalidade se marcada.

Acompanhe o lance:

Várias queixas

O erro foi criticado por torcedores e especialistas, fazendo a situação ir parar nos assuntos mais comentados do Twitter. O VAR chegou no futebol brasileiro para reduzir erros de arbitragem, mas episódios como esse mostram que ainda há muito a ser feito.

Veja a transcrição do diálogo:

  • Wilton (árbitro principal): “Toca no braço, mas, para mim, não é nada”.
  • Emerson de Almeida Ferreira (VAR): “Mesmo estando nessa posição, acho que ele está natural para a disputa da bola“.
  • Michel Patrick Costa Guimarães (AVAR2): “Não acha que está muito aberto, Emerson? A bola passaria se não batesse no braço”.
  • Emerson de Almeida Ferreira (VAR): “Para mim, ele não está para bloquear, ele está disputando a bola. Ele não vai com o braço em direção à bola, ele está recolhendo”.
  • A decisão é comunicada por Emerson de Almeida Ferreira (VAR) para Wilton Pereira Sampaio: “Pode jogar, o jogador está recolhendo o braço, a bola está em disputa e vai na direção dele”

Nota da CBF:

Em ação de bloqueio, com o braço em posição antinatural e aumentando o seu espaço corporal, o jogador intercepta um cruzamento à área. O bloqueio com o braço dessa ação caracteriza infração de pênalti. Portanto, a penalidade deveria ser marcada.

Acompanhe notícias da CBF no Twitter:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > CBF reconhece falha grave com VAR, em lance de Corinthians x Grêmio