Áudios vazados da cabine de transmissão da Globo durante final da Copa do Brasil expõe narradores e irrita executivos

Atualizado :

Um áudio vazado da cabine de transmissão da Rede Globo durante a partida entre Flamengo e São Paulo, na Final da Copa do Brasil, no último domingo, revelou críticas severas do repórter Eric Faria ao técnico Jorge Sampaoli. A Globo está investigando o incidente, mas não se espera que haja punições severas, pois a conversa era privada e os dados estavam codificados.

Se o jogo de ida da final da Copa do Brasil deu o que falar, mais ainda foi o seu pós. Treinador revoltado, torcida protestando, recorde de bilheteria e muito bate-boca nas mídias. A cereja do bolo, entretanto, é o vazamento de uma série de áudios da cabine de narradores da Rede Globo, durante a transmissão de Flamengo e São Paulo, o que gerou grande repercussão nas redes sociais.

Papos internos

Os áudios vazados revelam uma conversa interna, durante os intervalos da transmissão, entre a equipe de cobertura, a qual incluía o repórter Eric Faria, o narrador Luis Roberto e os comentaristas Ricardinho e Roger Flores. Durante a conversa, Faria, torcedor declarado do Flamengo, fez duras críticas ao técnico Jorge Sampaoli. Ele não só questionou a capacidade do técnico de entender o jogo, como chegou a chamá-lo de “imbecil”.

Sampaoli na mira

A maior parte dos comentários é sobre a performance do argentino como técnico. Luis Roberto também chegou a criticá-lo, mas não partiu para as ofensas. A maior parte do espetáculo, no registro vazado, é por parte de Faria, que solta a língua:

“Se vocês quiserem lembrar, as duas melhores atuações do Flamengo com esse imbecil… Botafogo e Grêmio. Amigos, o lateral-esquerdo foi para a Seleção Brasileira e desde que o Sampaoli chegou, não joga. O Ayrton Lucas, hoje, foi um corpo morto no jogo”.

Eric seguiu com o deboche, e não poupou nas críticas:

“É sério… ele tem problemas de ver o jogo, de entender o que tem na mão. É inacreditável isso, cara. Isso aí é problema cognitivo. Só pode ser, gente. Ele poderia fazer a mesma escalação que jogou bem há 15 dias (contra o Botafogo). Ele não consegue repetir. Deve ser algum toque dele. Ele não deve repetir meia, cueca, nada na vida”, agregou.

Ouça os áudios:

De quem é a culpa?

A conversa íntima rapidamente viralizou nas redes, ganhando enorme repercussão. Executivos da Globo e os próprios participantes teriam ficado irritados com o vazamento. 

Em relação à autoria da ação, já se sabe que foi por parte de um funcionário, embora a emissora ainda não tenha revelado os suspeitos. O que se tem noção, entretanto, é que transmissões do tamanho de uma final entre Flamengo e São Paulo envolvem mais de 100 pessoas, tornando difícil identificar quem teria cometido o ato. Em casos semelhantes no passado, a alta cúpula do esporte da Globo promoveu reuniões para tratar o assunto.

No entanto, a posição da Globo não deve ser de punição para os especialistas que tiveram sua conversa íntima exposta. Foi entendido que aquela era uma situação privada. Vale lembrar que o vazamento de imagens e conversas privadas, de qualquer teor, é crime.

Acompanhe novidades do Globo Esporte Twitter:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 15 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Áudios vazados da cabine de transmissão da Globo durante final da Copa do Brasil expõe narradores e irrita executivos