‘Sou diferente’: Mexicano de 18 anos nocauteia rival em 1 minuto e chama atenção no UFC

Amanda Alvarez

Atualizado :

No ‘Noche UFC’, uma edição especial do Ultimate em Las Vegas, Raul Rosas Jr., um jovem lutador mexicano, surpreendeu a todos com uma vitória por nocaute sobre Terrence Mitchell em apenas 54 segundos. Com apenas 18 anos, Rosas Jr., que estreou no UFC finalizando Jay Perrin em menos de três minutos, demonstrou seu potencial e ambição para se tornar uma das maiores estrelas do MMA.

O ‘Noche UFC’, edição especial do Ultimate realizada em Las Vegas (EUA) no último sábado, teve grandes surpresas. O evento, cuja data homenageia o Dia da Independência do México, contou em seu cartel com vários lutadores de origem mexicana. Entre eles, o jovem Raul Rosas Jr., que se destacou com uma vitória impressionante por nocaute sobre Terrence Mitchell. A vitória de Rosas Jr. foi um dos pontos altos do evento, que celebrou não somente a rica herança daquele país, mas também o talento dos lutadores mexicanos no esporte.

Apenas 54 segundos

Rápida e intensa. Assim foi a luta entre Rosas Jr. e Mitchell. Rosas Jr. precisou de apenas 54 segundos para mostrar sua habilidade e força ao nocautear Mitchell, algo que surpreendeu a todos. A velocidade e a precisão de seu nocaute demonstraram alto nível de habilidade e preparação. Além disso, a sua performance dominante não pôde deixar de ser notada, o que gera bastante curiosidade nele, como um lutador a ser observado.

Veja os melhores momentos do Noche UFC:

Apenas 18 anos

Vale ressaltar que Raul Rosas Jr. tem apenas 18 anos. Ele se destacou no famoso Contender Series, programa de TV da Liga cujo objetivo é apresentar novos atletas do MMA, e premiá-los com um contrato. Sua estreia na organização aconteceu em dezembro de 2022, no card do UFC 282, e ainda no primeiro round, finalizou o atleta Jay Perrin em menos de três minutos de combate. Sua estreia notória no UFC demonstrou seu potencial, estabelecendo seu nome como um dos jovens talentos mais promissores.

Uma vida pela frente

Após a luta, Rosas Jr. expressou toda confiança e ambição para o futuro. Ele, que é natural do violento bairro de Iztapalapa, México, e tem em sua história a migração para os Estados Unidos como alternativa de sobrevivência, abriu o coração:

“Nunca tive dúvidas. Eu nunca tive dúvidas sobre minhas habilidades. A única coisa que a derrota mudou foi o meu recorde, e esta noite mostrei que nada além disso mudou […] Eu sou diferente. Tenho potencial para ser uma superestrela e quebrar todos esses recordes. Estou apenas sendo eu mesmo, e sou abençoado por ser do jeito que sou. Sei que tenho potencial para me tornar uma das maiores superestrelas da empresa”.

Acompanhe notícias sobre UFC no Twitter:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > ‘Sou diferente’: Mexicano de 18 anos nocauteia rival em 1 minuto e chama atenção no UFC