Bonito por fora: Sauditão turbina IBOPE, mas torcida local deixa estádios vazios

Márcia Pereira

Publicado :

Apesar dos investimentos pesados em contratações de estrelas internacionais, a Liga Saudita de Futebol ainda não conseguiu conquistar a audiência da comunidade local. A média de público nas partidas é inferior a 10 mil torcedores por jogo, o que é muito baixo para um campeonato profissional. No entanto, os esforços da Arábia Saudita de injetar dinheiro no futebol têm repercutido midiaticamente, com números de audiência bons em países como o Brasil.

Apesar dos investimentos pesados em contratações de estrelas internacionais, o que vem gerando uma massiva exposição midiática, a Liga Saudita de Futebol ainda não conseguiu emplacar por lá, e conquistar a audiência da comunidade local. A média de público nas partidas é inferior a 10 mil torcedores por jogo, algo considerado muito baixo para um campeonato profissional.

Menor que o Paulistão

Segundo análise entregue pelo UOL, a audiência é menor do que todos os campeonatos relevantes do planeta, chegando até mesmo a ter menor público do que o Paulistão.

A aquisição de grandes estrelas parece vir melhorando os números, ainda que aos poucos: no ano passado, a novidade da chegada de Cristiano Ronaldo garantiu uma média de pouco mais de 8 mil pessoas nos estádios. Esse ano, turbinado por novos nomes, como Benzema e Firmino, a média tem ficado em 9520. Devagar, quase parando, se pensarmos nos valores das contratações, e no investimento para seguir gerando notícia!

Exceção com Decepção

Apesar disso, uma interessante exceção aconteceu. Foi durante a cerimônia de apresentação de Neymar, que ainda não jogou, na primeira partida do Al-Hilal como mandante. 59 mil pessoas compareceram ao Estádio Rei Fahd para ver a partida, que terminou num empate de 1 a 1 contra o Al-Faya.

No entanto, apesar do bom número, um vídeo que repercutiu nas redes sociais ilustra bem a situação complicada. No registro, Neymar aparece assistindo à partida do Al Hilal. Apesar de acontecer um gol durante o lance, a recepção do estádio é xoxa, e quando a câmera foca em Neymar, ele parece ainda mais decepcionado. É possível ler os pensamentos do Menino Ney enquanto a câmera foca nele, e claramente não são os melhores.

Alavancou o IBOPE

Apesar da baixa aderência de público local, os esforços dos sauditas de injetar dinheiro na modalidade têm repercutido midiaticamente. As emissoras de televisão de todo o mundo se interessaram em transmitir os jogos, e os números de audiência são bons.

No Brasil, por exemplo, a Band, que adquiriu os direitos de transmissão do campeonato, conseguiu uma média de 2,5 pontos de audiência na estreia, com a partida entre Al-Hilal e Al-Fayha. Esse número é superior ao da média da emissora na faixa horária. O valor de televisores ligados ainda se compara ao conquistado pelo SBT na mesma semana, ao transmitir a final da Supercopa da UEFA.

Ainda é cedo para dizer se os investimentos da Arábia Saudita vão se pagar. No entanto, é claro que os esforços do país para tornar a Liga Saudita mais popular estão dando certo, pelo menos pra fora!

Acompanhe a repercussão sobre o “Arabão” no Twitter:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Bonito por fora: Sauditão turbina IBOPE, mas torcida local deixa estádios vazios