Separamos 4 erros bizarros da arbitragem na última rodada do Brasileirão e queremos saber: o “sistema” está contra quem?

Publicado :

Não é de hoje que a arbitragem é foco de críticas as mais ferozes por parte de todos os times e de todas as torcidas do Brasil. Esta décima quarta rodada com Campeonato Brasileiro foi recheada de erros de arbitragem. Separamos os 4 mais bizarros!

A personagem “a mãe do juiz” (que se entende às mães dos bandeirinhas) é a mulher que mais sofre no território nacional, pois a cada quarta e domingo elas estão na boca do povo! E não são elogios que saem da boca dos torcedores mais fanáticos e apaixonados que estão nos quatro cantos do Brasil.

João Martins falou em “sistema”

Os habituais xingamentos (por parte dos torcedores) e as habituais críticas (por parte dos times e do jornalismo esportivo) à arbitragem chegaram a um nível bastante tenso após o jogo Athletico-PR x Palmeiras, no domingo dia 7 de julho, válido pela décima terceira rodada do Campeonato Braisleiro. A razão foi as declarações pra lá de fortes que o técnico adjunto do Palmeiras, o português João Martins fez logo após o empate entre o Furacão e o alviverde paulista.

João Martins aumentou o tom das críticas e chegou a afirmar em alto e bom som que existe corrupção no futebol brasileiro, pois, segundo o português, existe um “sistema” que impede que o Palmeiras seja campeão vezes seguidas. A CBF emitiu nota contundente condenando a fala de João Martins, acusando-o, até, de xenofobia. O Palmeiras não deixou barato e emitiu uma nota condenando a postura da CBF e comunicando que o seu time entraria numa espécie de “lei do silêncio” em protesto sobre os incidentes recentes.

Os 4 erros mais bizarros da 14ª rodada

No meio dessa confusão toda, com a mídia e as torcidas repercutindo a fala de João Martins, a tal existência de um “sistema”, repercutindo as notas da CBF e do Palmeiras, a décima quarta rodada do Brasileirão começou e acabou com uma chuva de críticas de torcedores e times diante de falhas bizarras da arbitragem, tanto a de campo quanto a de vídeo. Separamos os 5 erros mais absurdos do último fim de semana e queremos saber: o tal “sistema”, afinal, está contra quem?

4 – Fabrício Bruno agrediu Richard Rios? O Palmeiras pediu cartão vermelho!

Veja vídeo que o GE.com fez para destacar o que o narrador Milton Leite chamou de “agressão”. Torcedores palmeirenses nas redes sociais reclamaram muito do fato do juiz ter dado apenas o cartão amarelo. Era realmente para cartão vermelho?

3 – Renato Portaluppi reclamou de pênalti sobre o jovem Bitello

Após a derrota por 2 a 0 para o Botafogo, o técnico gremista Renato Portaluppi aproveitou a coletiva para desabafar e tecer duríssimas críticas à arbitragem, listando pênaltis não marcados para o Grêmio em jogos contra o Bahia e, este, contra o Botafogo, em cima do jovem Bitello. Veja o vídeo e perceba se ele tem razão ou não no que diz.

2 – Pênalti de Richard Rios em Everton Ribeiro

O jogo Palmeiras e Flamengo rendeu e muito. Inclusive, antes da partida o vice-presidente do rubro-negro carioca, Marcos Braz, comentou que a atitude de Palmeiras em se fazer de vítima era pra forçação de barra. Fato é que o juiz da partida não marcou pênalti em Everton Ribeiro. E o VAR sequer foi acionado.

1 – Pênalti do Goiás contra o Santos no final do jogo 

Logo após o jogo, a diretoria do Goiás usou a imprensa para criticar muito a arbitragem. A diretoria esmeraldina disse que o pênalti marcado contra o clube nos instantes finais da partida na manhã de ontem (9) foi “escandaloso”. Confira!

Acompanhe tudo do Brasileirão no Twitter oficial do campeonato:

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 13 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Separamos 4 erros bizarros da arbitragem na última rodada do Brasileirão e queremos saber: o “sistema” está contra quem?