Seleção Brasileira define capitã, na impossibilidade optar por Marta

Publicado :

A seleção brasileira já tem capitã definida para a estreia na Copa do Mundo. Rafaelle foi escolhida para liderar a partida, uma vez que Marta se encontra impossibilitada. Desde então, o grupo se reveza com três atletas no posto: Rafaelle, Debinha e Tamires. A Seleção escolheu a mensagem “Unite for Gender Equality” (Unidas pela igualdade de gênero), em parceria com a ONU Mulheres, como forma de promover o discurso da equidade entre os gêneros.

A seleção brasileira já entrou em campo, e com capitã definida para a estreia na Copa do Mundo contra o Panamá nesta segunda-feira, às 8h, no estádio Hindmarsh, em Adelaide. A escolhida é Rafaelle, que já vinha usando a braçadeira com o supremo poder, desde a campanha pelo título da Copa América. A definição ocorreu depois de uma reunião do grupo, no último domingo.

Por que não Marta?

A lesão que tirou Marta dos gramados por quase um ano, lhe tirou também o poder de usar a braçadeira. Desde então, o grupo se reveza com três capitãs no posto: Rafaelle, Debinha e Tamires.
Dessa forma, apesar de ser a mais antiga do grupo, Marta não tem condições de assumir o posto de capitã.

Rafaelle assume a posição

Para a estreia da Seleção, a atual contratada pelo Orlando Pride recebe a missão de liderar a partida, usando o artefato que lhe dá ‘plenos poderes’ Ainda durante a passagem por Gold Coast no começo da preparação para o Mundial, Rafaelle, que também já jogou no Arsenal, ainda comentou sobre a probabilidade de jogar como capitã no caso de Marta entrar em campo, e qual sua reação:

“É uma responsabilidade muito grande. Às vezes eu fico até mal. Ser capitã de um time com Marta? Se ela entrar em campo eu já tiro na mesma hora e entrego para ela. Não tem como. Pelo que ela representa para o futebol eu estou ali só esperando ela entrar para eu passar a faixa”, disse Rafaelle ainda na preparação em Gold Coast.

Braçadeiras Temáticas

Sem dúvidas, essa é a Copa do discurso, e das ações de marketing.  Para esta edição, a FIFA desenhou e designou oito braçadeiras diferentes, contendo mensagens em alusão a causas sociais, as quais poderiam ser usadas como forma de comunicar algo, durante as transmissões das partidas. A Seleção do Brasil escolheu a mensagem “Unite for Gender Equality” (Unidas pela igualdade de gênero), em parceria com a ONU Mulheres, como forma de promover o discurso da equidade entre os gêneros.
Dessa forma, toda vez que Rafaelle aparecer com a braçadeira em evidência, haverá uma oportunidade de que, nos lares onde se assiste a Copa do Mundo Feminina, os espectadores possam discutir um pouco acerca daquela temática.

Veja no Twitter: 

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 25 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Seleção Brasileira define capitã, na impossibilidade optar por Marta