Vítima de chantagem: Bauermann cai no choro ao receber pena branda

Publicado :

No dia 01 de junho, após 8 horas de julgamento em que foram ouvidos os jogadores envolvidos no escândalo das apostas esportivas, o jogador Eduardo Bauermann, do Santos, recebeu a pena mais leve. Deverá ficar afastado por 12 jogos, mas não sofrerá sanções mais pesadas, como multa ou banimento. Entenda o caso.

Fonte: Internet/Reprodução

Na última quinta-feira, 01 de junho, foram julgados os jogadores envolvidos no escândalo da máfia das apostas no Brasil. Com duração de mais de 8 horas, regadas a interrupções e reviravoltas, algumas decisões e penas foram aplicadas. Detalhes sobre o caso trazem à tona uma conspiração que comprova o envolvimento total ou parcial de alguns atletas e, sobretudo, a confirmação de que havia chantagem e ameaça para que alguns cedessem às investidas dos criminosos.

12 jogos fora

Eduardo Bauermann, zagueiro do Santos, foi quem recebeu a pena mais branda. Isso porque ficou constatado sua situação de vulnerabilidade frente à quadrilha, que lançou mão de argumentos racistas e ameaças de morte para fazê-lo ceder. Além disso foi comprovado que ele teria feito o possível para descumprir o acordo, o que lhe colocou numa situação de ainda mais risco, além da responsabilização em pagar todo o prejuízo da aposta não realizada. A justiça decidiu que Bauermann deverá ficar afastado por 12 jogos, diferentemente de outros acusados, como Gabriel Tota, banido do esporte e condenado a multa.

O julgamento

O veredito foi recebido com emoção pelo atleta e sua esposa. A estratégia da defesa de Bauermann foi mostrá-lo como um ‘agente duplo’, que tentava não cometer as fraudes nos resultados dos jogos ao mesmo tempo em que lutava por se manter vivo. Além disso, as suas ações não chegaram a prejudicar o resultado das partidas, nem o time em si. O caso ainda não acabou e é passível de recurso, mas as provas coadunam para a ideia de que, de fato, alguns jogadores participavam mais ativamente do esquema do que outros, e de que havia, sim, chantagem.

Ética Desportiva

Ainda que vítima, vale lembrar que a atitude de Bauermann deve ser condenada: ao menor sinal de contravenção, é papel do cidadão se afirmar contra a prática. Além disso, Bauermann chegou a receber o dinheiro ilegal, mesmo tendo devolvido depois.

Ao que parece, o escândalo das apostas está cada vez mais próximo de virar série da Netflix. Quando falamos em crimes reais, esse tem sido o caminho mais comum: a contravenção vira um escândalo, que vira livro, que vira doc, que vira série/filme. 

A quantidade de reviravoltas e detalhes apresentados no caso fazem crer que esse é mesmo um roteirão digno de novela. Aguardemos os próximos capítulos!

Interessado em apostas seguras? Conheça Apostar no Brasil:

Sugira pautas e notícias, e colabore com o maior portal de mídia esportiva do Brasil! Esporte e Mídia que ouvir você!

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 23 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Destaques > Vítima de chantagem: Bauermann cai no choro ao receber pena branda