Ofensiva Árabe! Botafogo e Palmeiras podem perder Abel e Luís Castro para os petrodólares.

Atualizado :

Os sheiks querem Luís Castro e Abel Ferreira, treinadores de Botafogo e Palmeiras. Dinheiro não falta aos árabes. Resta saber se os técnicos portugueses, que hoje ocupam o topo da tabela do Campeonato Brasileiro, vão topar essa aventura.

Desde que Jorge Jesus chegou ao Brasil em 2019 e venceu, no comando do Flamengo, a Libertadores e o Campeonato Brasileiro, jogando o fino da bola e encantando até os torcedores adversários, o técnico vindo de Portugal virou uma grife no futebol brasileiro. 

Esta impressão ficou ainda mais forte quando um outro treinador luso assumiu o Palmeiras em 2020. Um tal de Abel Ferreira. Antes, desconhecido. Hoje, tendo ganhado todos os títulos que um treinador pode ganhar no futebol brasileiro e sul-americano, Abel é um quadro histórico do Verdão. 

Alguns nomes naufragaram, é verdade, como Vítor Pereira e Paulo Sousa, mas há um outro treinador, que fez um trabalho mediano em 2022, mas que agora em 2023 vem surpreendendo. Trata-se de Luís Castro. Com um elenco de jogadores que se pode chamar de modesto, Castro e seu Botafogo ocupam, até o momento, a liderança no Brasileirão.

Tanto o desempenho extraordinário de Abel Ferreira à frente do Palmeiras nos últimos 3 anos cresceu os olhos dos árabes, quanto a surpreendente competitividade que Luís Castro conseguiu construir na equipe da Estrela Solitária. Os árabes querem porque querem que os dois portugueses deixem o Brasil e rumem para as arábias. E a grana que os sheiks estão prometendo é coisa de cair o queixo.

Luis Castro e Al Nassr

O Al Nassr, clube saudita, avaliou como excelente o desempenho de Castro frente ao Botafogo nesta temporada e iniciou, na segunda semana de junho, as primeiras conversas para ter os serviços do treinador português, que está sob contrato com o time carioca até abril de 2024. Sabe-se que Luís Castro e seu agente levaram a proposta dos árabes ao CEO do Botafogo, o estadunidense John Textor.

Perguntado pela ESPN sobre a situação, o treinador alvinegro respondeu: “Não vou fazer comentários a esse respeito. Eu mesmo resolvo estas situações de vida. Quero paz. Estou focado no Botafogo e o meu caminho neste momento é o Botafogo”.

Neste momento sim. Mas e no futuro breve? O Al Nassr disputa um campeonato que está atraindo cada vez mais jogadores renomados. O astro Cristiano Ronaldo já joga lá. E agora também outro Bola de Ouro fará parte da liga árabe: Karim Benzema, que deixou o Real Madrid ao fim da temporada 2022/23.

Abel e as sondagens

Em maio o Al Nassr que agora aposta suas fichas em Castro fez inicialmente uma abordagem ao de Abel Ferreira, oferecendo uma montanha de dinheiro para o técnico trocar o Brasil pelos Emirados Árabes. Abel, entretanto, negou.

Mais recentemente foi a vez do Al Hilal entrar em cena, O clube ofereceu um salário anual de 20 milhões de euros (R$ 105 milhões) em um contrato de dois anos. Apesar das cifras estratosféricas, o comandante alviverde não foi abalado do seu propósito de seguir no time de São Paulo até, pelo menos, o fim do seu contrato atual, que vai até 2024.

Abel, que também teve o nome ligado a clubes ingleses e franceses (Chelsea, Nottingham Forest, Crystal Palace, Olympique de Marselha, Nice) ainda deseja seguir ganhando títulos no futebol brasileiro. Ele é jovem. Sabe que ainda há muito futuro pela frente.

Gosta de futebol Brasileiro? Acompanhe a conta oficial do Twitter do Campeonato Brasileiro 2023. O Fogão segue líder, mas o Palmeiras está na cola. E o Flamengo também…

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 20 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Ofensiva Árabe! Botafogo e Palmeiras podem perder Abel e Luís Castro para os petrodólares.