Mercado Livre fecha acordo milionário para dar nome ao Pacaembu

O estádio Pacaembu terá seu nome alterado para "Mercado Livre Arena Pacaembu" em um acordo de naming rights com a Allegra Pacaembu, alcançando até R$ 1 bilhão em 30 anos. O complexo renovado, com capacidade para 26 mil pessoas, será inaugurado em junho.

A empresa Allegra Pacaembu anunciou nesta quarta-feira um acordo de naming rights para o icônico estádio Pacaembu, em São Paulo. O parceiro nessa empreitada é o Mercado Livre, gigante do comércio eletrônico. O estádio passará a ser chamado de “Mercado Livre Arena Pacaembu” após esse acordo que pode alcançar a impressionante marca de R$ 1 bilhão ao longo de 30 anos.

O Pacaembu, fechado em 2020 e convertido em hospital de campanha durante a pandemia de Covid-19, está passando por um processo de revitalização desde então. A previsão é que o complexo esteja completamente pronto até junho deste ano.

O estádio, agora com capacidade para 26 mil pessoas, sofreu alterações em sua estrutura, incluindo a demolição do Tobogã, arquibancada situada atrás de um dos gols, para dar lugar a um prédio multiuso com hotel, restaurante e centro de convenções.

Contrato de cinco anos iniciais

Fernando Yunes, vice-presidente sênior e líder do Mercado Livre no Brasil, revelou que o contrato tem uma duração inicial de cinco anos, renováveis a cada período de cinco anos. A expectativa é de que a parceria se estenda por três décadas, solidificando o Mercado Livre como uma presença marcante no cenário esportivo.

“São cinco anos renováveis sempre por mais cinco, mas com intenção de fazer o contrato chegar aos 30 anos”, disse Yunes.

Respeito à tradição: da fachada intacta

Eduardo Barella, CEO da Allegra Pacaembu, ressaltou a importância histórica do estádio, assegurando que o respeito ao patrimônio foi mantido. A fachada do Pacaembu, com seu nome icônico, permanecerá inalterada.

“Total respeito ao patrimônio histórico. O naming rights era previsto na concessão, e a fachada com o nome do estádio será mantida, enquanto a marca Mercado Livre estará exposta em mais de 70 pontos do complexo”, disse Barella.

A empresa também revelou que além do uso para eventos esportivos, o local terá um centro de convenções chamado “Mercado Pago Hall”. Clubes como Cruzeiro, São Paulo e Santos já têm acordos para utilizar o espaço, e negociações estão em curso com outras equipes.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Mercado Livre fecha acordo milionário para dar nome ao Pacaembu