Brasileirão 2023: saiba quanto a Globo pagou para cada clube por direitos de transmissão

As receitas de TV dos clubes no Brasileirão 2023 revelam grandes discrepâncias, com o Flamengo liderando com R$ 275,2 milhões e o Santos recebendo apenas R$ 64,2 milhões, refletindo desempenho e acordos comerciais.

Em reportagem publicada no UOL, o jornalista Allan Simon revelou os bastidores financeiros do futebol brasileiro com a divulgação das receitas de TV dos clubes no Brasileirão 2023. Os números revelam uma disparidade notável entre as equipes, refletindo o desempenho em campo e os contratos comerciais.

O Flamengo liderou o ranking, arrecadando impressionantes R$ 275,2 milhões, impulsionado por sua vasta torcida e desempenho sólido. Enquanto isso, o Corinthians ficou em segundo lugar, com R$ 187,2 milhões, seguido de perto pelo Grêmio, com R$ 170,1 milhões. O Palmeiras, mesmo sendo o campeão, ficou em quarto lugar, com R$ 162,6 milhões.

Por outro lado, o Santos, enfrentando seu primeiro rebaixamento na história, sofreu consequências financeiras significativas, recebendo apenas R$ 64,2 milhões. A diferença entre os clubes reflete não apenas o desempenho em campo, mas também os acordos comerciais individuais e as políticas de distribuição de receitas.

O que entra na conta?

Os valores incluem cotas fixas de TV aberta e por assinatura, participação no pay-per-view e premiações por desempenho no campeonato. Além disso, clubes como Flamengo, Corinthians, Grêmio e Palmeiras possuem garantias contratuais que os protegem de flutuações nas receitas de PPV, enquanto outros clubes dependem mais das vendas de assinaturas.

É importante ressaltar que os valores divulgados se referem apenas aos pagamentos da Globo, excluindo outros possíveis acordos comerciais que os clubes possam ter. Também é destacado que os valores podem variar nos balanços financeiros dos clubes, especialmente aqueles que usaram as cotas como garantia de pagamento.

O que ganhou cada clube com a Globo no Brasileirão 2023

  1. Flamengo (R$ 275,2 milhões)
  2. Corinthians (R$ 187,2 milhões)
  3. Grêmio (R$ 170,1 milhões)
  4. Palmeiras (R$ 162,6 milhões)
  5. Atlético-MG (R$ 121,2 milhões)
  6. Botafogo (R$ 112,5 milhões)
  7. São Paulo (R$ 111,7 milhões)
  8. Fluminense (R$ 105,7 milhões)
  9. Internacional (R$ 105,5 milhões)
  10. Cruzeiro (R$ 98,5 milhões)
  11. Vasco (R$ 97,6 milhões)
  12. Red Bull Bragantino (R$ 85,8 milhões)
  13. Fortaleza (R$ 73,6 milhões)
  14. Bahia (R$ 72,1 milhões)
  15. Cuiabá (R$ 66 milhões)
  16. Santos (R$ 64,2 milhões)
  17. Coritiba (R$ 49,9 milhões)
  18. Goiás (R$ 49,4 milhões)
  19. América-MG (R$ 42,8 milhões)
  20. Athletico (R$ 41,8 milhões)

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Profissionais > Brasileirão 2023: saiba quanto a Globo pagou para cada clube por direitos de transmissão