Esse é fiel! Chicão abre mão de indenização de R$452,7 mil após decisão judicial contra o Corinthians

O ex-zagueiro Chicão vai receber uma indenização de R$452,7 mil devido a uma ação trabalhista contra o Corinthians, decidida pela 35ª Vara do Trabalho de São Paulo. Apesar da sentença, Chicão, que é o atual coordenador da base do clube, comprometeu-se a abrir mão do valor, reafirmando sua ligação emocional com o Timão.

A 35ª Vara do Trabalho de São Paulo decretou, na última quarta-feira (17/01), o encerramento de uma ação trabalhista movida por Chicão, ex-zagueiro e atual coordenador de integração da base do Corinthians.

O ex-zagueiro, que vestiu a camisa do Timão entre 2008 e 2013, se saiu vitorioso da determinação judicial, com uma indenização de R$452,7 mil a receber referente a direitos de arena (percentual do lucro com as transmissões destinadas aos atletas), cobrados desde 2014.

O juiz Jefferson do Amaral Genta determinou que Chicão informe sua conta bancária nos próximos cinco dias, concedendo ao clube um prazo de 15 dias para efetuar o pagamento ou apresentar recurso.

Chicão reafirma compromisso com Augusto Melo

Apesar da decisão judicial favorável, Chicão, em consonância com o compromisso firmado com o presidente Augusto Melo, declarou sua intenção de abrir mão da indenização.

“Quando o presidente Augusto me fez o convite, a primeira coisa que falei para ele é que gostaria de retirar a ação. Ela estava para ser executada, falei para meu advogado que não precisa executar. Falei para retirar essa ação, é um lugar que quero trabalhar de coração”, disse Chicão.

Tudo pelo Timão: vai devolver o dinheiro

O ex-zagueiro, agora coordenador de integração da base corintiana, anunciou sua disposição de orientar seu advogado a desistir do processo, destacando sua ligação afetiva com o clube. Caso a desistência não seja possível, Chicão afirmou que devolverá o dinheiro.

“Eu vou manter o que combinei com o presidente Augusto Melo, quando fui contratado para voltar a trabalhar no clube. Vou falar para o meu advogado desistir do processo. Se não for possível, eu vou devolver o dinheiro”, disse o ex-zagueiro.

Atividades no Corinthians como dirigente

Em novembro de 2023, Chicão foi anunciado por Augusto Melo para integrar a diretoria do Corinthians, assumindo o cargo de coordenador de integração da base, função em que atualmente participa das decisões sobre os jovens talentos do clube.

Mesmo com a ação judicial, Chicão permanece envolvido nas atividades do Corinthians. Atualmente, ele acompanha a equipe sub-20 na Copa São Paulo de Juniores, estando envolvido nas decisões sobre quais jogadores serão promovidos ao elenco profissional após o torneio.

Acompanhe notícias do Timão no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Brasileirão Série A > Esse é fiel! Chicão abre mão de indenização de R$452,7 mil após decisão judicial contra o Corinthians