São Paulo fecha acordo histórico com PSG pela Venda de Lucas Beraldo: R$107 milhões para os cofres tricolores

O São Paulo fechou um acordo histórico com o Paris Saint-Germain (PSG) para a transferência do zagueiro Lucas Beraldo, falta apenas assinar os papéis. Se confirmada, essa será a maior venda da história de um zagueiro brasileiro. O PSG pagará R$107 milhões pelo jogador, representando um alívio financeiro para o Tricolor, que terminou o ano com déficit financeiro. Com 60% dos direitos econômicos de Beraldo, o clube busca aumentar sua fatia na negociação a fim de engordar os cofres para não ter que vender outras jovens promessas de Cotia.

Depois de muitas especulações, ao que tudo indica, o São Paulo Futebol Clube já fechou o a transferência de Lucas Beraldo para o Paris Saint-Germain (PSG), da França. De acordo com informações veiculadas na mídia, o Tricolor conseguiu um acordo histórico que vai fazer muito bem para os cofres do clube.

Com seu estilo refinado, com boa saída de bola e troca de passes muito técnica, o zagueiro atraiu a atenção de diversos clubes europeus, mas optou por assinar com a equipe parisiense. Os valores, se confirmados, concretizam o maior acordo financeiro envolvendo a veda de zagueiro brasileiro.

Jogador caro: maior venda de um zagueiro brasileiro

O PSG desembolsará impressionantes 20 milhões de euros, equivalente a R$107 milhões na cotação atual, pelo zagueiro, sem acréscimo de bônus por metas atingidas. O jogador aguarda apenas os procedimentos médicos e a troca formal de documentos para que a transferência seja oficializada.

Com a oficialização dessa negociação, o São Paulo alcançará a venda mais valiosa da história envolvendo um zagueiro brasileiro. Até então, a negociação de um defensor mais lucrativa foi protagonizada por Murillo, que foi vendido para o Nottingham Forest por 13 milhões de euros (cerca R$ 69 milhões).

São Paulo busca aumentar a sua fatia da negociação

Com 60% dos direitos econômicos de Beraldo, o Tricolor deve receber mais de R$ 64 milhões pela transação. Além disso, o XV de Piracicaba, responsável pela formação do zagueiro, detém 20%, enquanto os 20% restantes pertencem ao próprio jogador e seus empresários.

O São Paulo, ciente da importância financeira do negócio, busca negociar com as partes envolvidas para aumentar sua fatia e fortalecer ainda mais seus cofres. Com a venda de Beraldo, o clube esperar conseguir manter jovens promessas, como o lateral Welington e o volante Pablo Maia, diante do interesse de times estrangeiros.

De Cotia para o mundo: um alívio par os cofres tricolores

Beraldo é formado nas categorias de base de Cotia, centro de formação de jogadores do São Paulo. Promovido à equipe principal em 2022, o zagueiro consolidou-se como titular na temporada de 2023, participando de 48 jogos. Foi muito importante na inédita conquista da Copa do Brasil, sobretudo com a lesão de Arboleda.

A iminente transferência para o PSG não só representa um passo importante na carreira do jogador de 21 anos, mas também traz um alívio financeiro crucial para o São Paulo, que enfrenta um déficit de aproximadamente R$ 90 milhões. A expectativa é que, com esse expressivo negócio, o clube tenha um respiro para a temporada de 2024.

Acompanhe notícias do Tricolor no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Brasileirão Série A > São Paulo fecha acordo histórico com PSG pela Venda de Lucas Beraldo: R$107 milhões para os cofres tricolores