Confirmado para temporada de 2024, Rincón concordou em reduzir seu salário para permanecer no Santos

Tomás Rincón demonstrou lealdade ao Santos ao aceitar uma redução salarial para permanecer no clube, mesmo após o rebaixamento para a Segunda Divisão. A nova diretoria do Santos, garantiu oficialmente a continuidade do meio-campista venezuelano para a temporada de 2024, destacando seu compromisso diante da crise enfrentada pelo clube, rebaixado pela primeira vez em 111 anos de história. O acordo, que reflete a confiança no projeto de retorno à Série A do Campeonato Brasileiro, foi bem recebido pela diretoria.

Tomás Rincón comprometeu-se com o Santos para a próxima temporada, apesar do rebaixamento para a Segunda Divisão. O meio-campista venezuelano renegociou seu contrato e demonstrou lealdade ao Alvinegro Praiano em seus momentos de crise.

O Santos publicou um comunicado em sua página oficial anunciando que contaria com Rincón no início da campanha de 2024.

Dentro da nova política salarial do clube, a nova gestão do Santos, que começará oficialmente em 2 de janeiro, garantiu neste sábado (16) a permanência do meio-campista venezuelano Tomás Rincón para a próxima temporada, que terá início com o Campeonato Paulista de 2024, afirma a nota.

Além disso, destacou a responsabilidade do jogador com a camisa que veste desde agosto de 2023 e mencionou que ele faria um ajuste necessário em seus honorários. Vale ressaltar que o salário anual do venezuelano é de 542 mil euros.

Em uma demonstração de compromisso com a situação atual do clube, o venezuelano concordou em reduzir seu salário para permanecer na equipe, confiando no projeto que visa principalmente o retorno à Série A do Campeonato Brasileiro, acrescentou.

O Peixe foi rebaixado pela primeira vez em 111 anos de história. Perdeu por 1 a 2 na última rodada do Brasileirão para o Fortaleza, e com a derrota foram-se as esperanças de permanecer na Série A.

Por esse motivo, as receitas do clube diminuíram e surgiram rumores sobre a saída de vários jogadores. Um deles seria Soteldo, que iria para outro time do Brasileirão ou seguiria para um novo destino na Europa. Mas esse não seria o caso de Rincón.

O acordo com Rincón deixou a futura diretoria muito satisfeita, devido à liderança demonstrada pelo jogador na fase final do Campeonato Brasileiro. As conversas com o meio-campista começaram logo após as eleições, como parte do processo de definição do elenco para a próxima temporada, concluiu o comunicado.

TRAJETÓRIA E NÚMEROS DE TOMÁS RINCÓN

Tomás Rincón ingressou no Santos em agosto de 2023 por uma transferência gratuita da Sampdoria. Na temporada, disputou 16 partidas pela Série A, marcou dois gols e deu uma assistência.

Em seus primeiros anos, passou por equipes venezuelanas como Unión Atlético Maracaibo, Zamora FC e Táchira. Em 2009, deu o salto para a Europa, assinando com o Hamburgo SV e tornando-se o primeiro venezuelano a jogar na Bundesliga. Foi emprestado por uma temporada e, em 2010, juntou-se oficialmente aos alemães. Permaneceu no clube até 2014, totalizando 127 aparições.

Depois, foi transferido gratuitamente para o Genoa. Jogou três temporadas e tornou-se capitão. Disputou 82 partidas e marcou três gols. Mas esse não foi seu único time italiano. Em seguida, assinou com a Juve por oito meses e, em agosto de 2017, foi emprestado ao Torino, que o contratou no ano seguinte.

Sua estadia no Torino foi um pouco mais longa: foram cinco temporadas, 162 partidas e sete gols. E o último time italiano foi a Sampdoria, onde novamente chegou por empréstimo e posteriormente ingressou por uma transferência gratuita. Jogou duas temporadas e não marcou nenhum gol em suas 55 aparições.

Tomás Rincón veste a camisa da seleção da Venezuela desde 2007. Participou de 122 jogos e marcou um gol.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Confirmado para temporada de 2024, Rincón concordou em reduzir seu salário para permanecer no Santos