Colômbia faz arrecadação recorde com apostas esportivas: grana é direcionada para saúde

Coljuegos, órgão regulador colombiano de jogos de azar, registrou um notável aumento de 27,5% na arrecadação para a saúde em 2023, totalizando $81.248 milhões, com os cassinos e bingos contribuindo significativamente. As transferências para a saúde evidenciam o papel crucial da indústria de jogos de azar no suporte aos serviços de saúde. Essa injeção de recursos, distribuída entre diversas entidades, destaca o compromisso da Coljuegos com a sustentabilidade do país, fortalecendo o sistema de saúde. Enquanto isso, o Brasil enfrenta impasses na regulamentação das apostas esportivas na Câmara dos Deputados, destacando a importância desse processo para a transparência e arrecadação de recursos no setor, à semelhança das práticas adotadas com sucesso pela Coljuegos.

Coljuegos, entidade reguladora de apostas esportivas na Colômbia, alcançou um notável aumento de 27,5% na arrecadação de recursos para a saúde no início de 2023. A instituição, responsável pela exploração, operação e regulamentação dos jogos de sorte, anunciou um montante total de $81.248 milhões, destacando os cassinos e bingos como os principais contribuintes.

Impacto Social da Arrecadação para a Saúde

As cifras positivas divulgadas pela Coljuegos revelam não apenas um aumento expressivo na arrecadação, mas também um impacto significativo nas transferências destinadas à saúde dos colombianos. Com um crescimento de 24,3%, as transferências totalizaram cerca de $265.936 milhões, evidenciando a importância do setor de jogos e apostas no suporte aos serviços de saúde pública.

Essa injeção de recursos se distribuiu entre diferentes entidades, como os fundos municipais e departamentais de saúde, a Adres (Administradora de los Recursos del Sistema General de Seguridad Social en Salud), o Fonpet (Fondo Nacional de Pensiones de las Entidades Territoriales) e o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dentre os jogos que contribuíram, destacam-se as loterias, o chance e o Raspa y Listo, que juntos registraram um recaudo por direitos de exploração de $34.402 milhões.

Saúde dos Colombianos

Além dos números expressivos, é válido destacar o impacto social dessas contribuições. A Coljuegos reforça seu compromisso com a sustentabilidade e o desenvolvimento econômico do país, ressaltando que cada recurso gerado pela indústria de jogos contribui diretamente para o financiamento dos serviços de saúde. As transferências substanciais fortalecem o sistema de saúde do país Sul-Americano, beneficiando não apenas a infraestrutura, mas também melhorando a qualidade de vida da população, que passa a ter melhor acesso às instituições e seus serviços.

Brasil aguarda Regulamentação

Enquanto a Colômbia celebra os resultados positivos na arrecadação para a saúde, o Brasil permanece em compasso de espera pela regulamentação das apostas esportivas. Atualmente, o país enfrenta impasses na Câmara dos Deputados, adiando decisões vitais cruciais sobre a legalização desse setor. A regulamentação das apostas esportivas no Brasil é considerada de suma importância não apenas para a arrecadação de recursos, mas também para a promoção da transparência e controle nesse mercado, seguindo o exemplo de práticas bem-sucedidas adotadas por reguladores de outras nações, como a Coljuegos na Colômbia.

Acompanhe notícias sobre a Coljuegos da Colômbia no X (antigo Twitter):


Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas notícias e novidades.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Colômbia faz arrecadação recorde com apostas esportivas: grana é direcionada para saúde