Treinador de lutadora argentina intimida empresário brasileiro nos bastidores do UFC. Entenda!

O agente brasileiro de lutadores de MMA, Alex Davis, testemunhou uma confusão nos bastidores do UFC Vegas 82 entre as lutadoras Ailin Perez e Joselyne Edwards. Davis, presente no local, revelou que o treinador de Perez aplicou um estrangulamento em Edwards durante a briga, quase causando danos graves. Após o incidente, Davis foi confrontado pelo treinador de Perez.

O empresário brasileiro Alex Davis foi transportado para o meio de uma treta que rolou nos bastidores do UFC Vegas 82, que ocorreu no último sábado (18/11). Davis é agente de muito lutadores de MMA. Por isso, tem acesso às instalações do evento, incluindo o Centro de Treinamento e Performance do evento, o UFC PI.

Por conta disso, ele testemunhou a confusão entre a lutadora argentina Ailin Perez e Joselyne Edwards, também lutadora. Perez saiu machucada da confusão e quase teve que cancelar a sua luta contra Lucie Pudilova. Felizmente, ela conseguiu lutar e venceu o combate pela decisão dos juízes. No entanto, na entrevista pós-show, trouxe a confusão à tona de novo.

Testemunha ocular

A confusão entre Perez e Edwards causou controvérsias, pois as duas lutadoras deram versões divergentes. A argentina afirma que foi vítima de agressão e a panamenha afirma que o treinador de Perez incitou o conflito e iniciou a briga.

Procurado pelo site MMA Mania, Davis, que estava no local, deu sua versão dos fato, trazendo um detalhe que não aparece em nenhuma das versões anteriores e que pegou mal pro treinador de Ailin Perez, Javier Oyarzabal.

“Eu estava sentado no grande octógono dentro do PI olhando para o meu telefone quando ouvi gritos à minha direita. Quando me aproximei da grade, vi Ailin e seu treinador em cima de Joselyn, então entrei para separar a briga. Quando fui ajudar e vi o treinador masculino sufocando Joselyn com um estrangulamento mata-leão, estava muito profundo – ele estava pressionando o estrangulamento. Se o estrangulamento tivesse durado muito mais tempo, teria sido uma cena terrível. Não tenho certeza se ela estava totalmente inconsciente, mas estava perto. Quando tirei o treinador de cima de Joselyne, ele estava delirando e gritando, tentando continuar a briga. Eu estava tentando acalmar Joselyne porque ela achava que ainda estava lutando,” disse o brasileiro Alex Davis.

Treinador foi tirar satisfação

Depois de fazer sua declaração, Davis disse em suas redes sociais que foi confrontado pelo treinador de Perez. Segundo ele, o treinador o abordou junto com um grupo de amigos nos corredores de um hotel com o objetivo de o intimidar. Davis, que foi lutador profissional de judô e jiu-jítsu, disse estar velho demais para entrar em brigas e chamou Oyarzabal de covarde.

“Esta é a verdade do meu ponto de vista. Acabei de me deparar com Javier Oyarzabal no hotel do evento. Esse cara me confrontou com seu grupo de amigos tentando me chamar de mentiroso, tentando me assustar! Você é um covarde, não tem nada a ver conosco! Sou velho demais para estar lutando com escória nos corredores do hotel! Mas dane-se você, seu ***!!”, escreveu o agente.

Fique por dentro de tudo sobre o UFC na conta oficial do torneio no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Arte Marcial > MMA > Treinador de lutadora argentina intimida empresário brasileiro nos bastidores do UFC. Entenda!