Após compra do Bellator, diretor da PFL alfineta Dana White

A PFL oficializou a aquisição do Bellator, confirma o fortalecimento da organização no mundo do MMA, que já contava com nomes de peso, como Francis Ngannou, Jake Paul, Kayla Harrison e outros. O silêncio de Dana White diante do anúncio levou Donn Davis, líder da PFL, a alfinetar o presidente do UFC, sugerindo que ele estaria preocupado com a ascensão da PFL. Davis destaca o plantel robusto da PFL, agora com 30% dos lutadores top-25 do mundo, desafiando a supremacia do UFC.

Na última segunda-feira (20), a Professional Fighters League (PFL) oficializou a aquisição do Bellator. Com eventos na Europa e Oriente Médio, a PFL busca criar laços globais, especialmente com a contratação de Francis Ngannou e a inclusão de novos talentos.

A aquisição não apenas expande o plantel de lutadores, que já contava com alguns nomes de peso, como Francis Ngannou e Jake Paul, recentemente incorporados à organização, além de outros que já estavam lá, como Kayla Harrison, Demetrious Johnson, Antônio Cara de Sapato e Renan Problema, dentro outros

Estaria Dana White careca de preocupação?

Apesar do anúncio da compra do Bellator pela PFL ter abalado o mundo do MMA, o silêncio de Dana White, presidente do UFC, a maior promotora de MMA do mundo, chamou atenção. Donn Davis, líder da PFL, não perdeu a chance de alfinetar Dana White, que, segundo ele, estaria se sentindo ameaçado diante da ascensão da PFL no cenário do MMA global.

“Nós sabemos que Dana White ignora apenas o que o preocupa. Ele nem fala de determinado assunto. Ele não falou da PFL por quatro anos, porque não estava preocupado. Ele tem falado muito da PFL nos últimos meses. Ele está preocupado”, disse Davis.

PFL e UFC igual pra igual?

Mas Davis não parou por aí. Em entrevista, ele destacou que a PFL agora possui um contingente significativo de atletas de alto nível, abrangendo diversos estilos, despertando o interesse dos fãs. O presidente da PFL destacou as métricas apresentadas, afirmando que eles agora tem em seu plantel 30% dos lutadores top-25 do mundo, o mesmo percentual do UFC.

“Todos conhecem Dana tão bem, que ele apenas descarta coisas que o preocupam ou então simplesmente não comenta. Ele ficou quatro anos sem comentar sobre a PFL, porque não estava preocupado. Ele comentou muito sobre a PFL nos últimos meses. Ele está preocupado. O que o preocupou especificamente foram as métricas que informamos. 30% do plantel do UFC é Top 25 do mundo, e agora nossa empresa combinada tem 30%, ou seja, o mesmo. Se você disser que vai ligar a TV na ESPN na sexta ou no sábado, nossos eventos serão melhores”, afirmou Donn Davis.

Fique por dentro de tudo sobre o PFL na conta oficial do torneio no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Arte Marcial > MMA > Após compra do Bellator, diretor da PFL alfineta Dana White