Dia sim, dia não! Fórmula 1 vai testar novo formato de classificação no GP da Hungria. Entenda melhor

Amanda Alvarez

Publicado :

As mentes por trás da Fórmula 1 continuam obstinadas a buscar mudanças no formato de classificação. Desejando que haja mais competição, eles consideram que a sessão de sábado pode ser melhorada na medida em que possa trazer mais entretenimento aos fãs.

O entendimento da direção da Fórmula 1, neste momento, é que é mais importante achar soluções para aumentar a competitividade das provas de sábado do que, necessariamente, acirrar mais ainda a competição no dia da prova oficial, que é sempre aos domingos. Na visão deles, por enquanto o formato das corridas de domingo tem funcionado a contento. Além do mais, as novas regras de sábado também já vão alterar um pouco a dinâmica das corridas de domingo.

No Grande Prêmio da Hungria, cuja corrida aconteceu no dia 23 de julho, os diretores da F1 vão testar uma nova regulamentação para a classificação, algo que já havia sido anunciado antes do início da temporada. Esta é mais uma mudança no formato, além do Sprint, que já sofreu modificações este ano.

Mudanças de 22, mas implementadas só em 23

A intenção de experimentar esse novo formato foi comunicada no ano passado, e o circuito de Hungaroring, na Hungria, será o primeiro a testá-lo. Era previsto que o novo formato para a classificação fosse implementado no GP da Itália, porém com o circuito foi suspenso devido à inundações, e os testes foram postergados.

A principal mudança para o dia que fecha o grid de largada tem a ver com a obrigatoriedade do uso de diferentes tipos de pneu para todas as equipes. Ou seja,  na Q1, todos os pilotos deverão classificar com pneus duros. Na Q2, o pneu médio será obrigatório, e na Q3, o tradicional pneu macio que todos usam na classificação.

Os diretores da  F1 desejam, basicamente, duas coisas. Primeiro, reduzir o número de pneus utilizados em um Grande Prêmio. A obrigatoriedade de usar pneus duros e médios nas duas primeiras rodadas fará com que as equipes necessitem de menos jogos de pneus macios (os menos resistentes). Fora que os pneus duros e médios permitirão que os pilotos façam mais de uma volta rápida, pois a durabilidade deles é muito maior.

O segundo desejo dos diretores com esta nova mudança é, claro, buscar alguma mudança no desempenho das equipes, favorecendo surpresas na classificação, algo que até o momento é pouco provável e, de certa forma, cria uma previsibilidade para os fãs.

A F1 quer mais espetáculo

A Fórmula 1 está implementando muitas mudanças para oferecer mais espetáculo. Eles não esperam por uma nova temporada para fazer alterações, pois os formatos estão sendo modificados durante a própria temporada. A primeira mudança foi no formato Sprint em relação aos dois anos anteriores. Agora, estão experimentando a obrigatoriedade de usar certos pneus na classificação, que também passaram por alterações. No Grande Prêmio da Inglaterra, a Pirelli estreou novos pneus e seguirá com eles até o fim da temporada. As equipes de ponta, como Mercedes, Red Bull, McLaren e Ferrari já estão se mexendo para tirar melhor proveito das novas regras dos eventos de “sábado”. 

Mais sobre a Fórmula 1 no Twiiter oficial da corrida:

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 18 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Dia sim, dia não! Fórmula 1 vai testar novo formato de classificação no GP da Hungria. Entenda melhor