Cupido Gari: Jogadoras se hostilizam em Mundial Feminino. Motivo estaria relacionado à traição da ex

Ruesha Littlejohn, jogadora irlandesa, se recusou a apertar a mão da adversária australiana Caitlin Foord antes de um jogo da Copa, o que gerou especulações sobre a atitude. Foord foi apontada como motivo do rompimento do relacionamento de Littlejohn com sua ex, Katie McCabe. Dentro de campo, a tensão entre ambas se fez presente, com disputas intensas entre as durante a partida.

A Copa do Mundo Feminina de 2023 tem sido um evento agitado, tanto dentro quanto fora de campo. A cultura da apreciação dessa modalidade feminina do esporte pode estar engatinhando, mas a atenção que recebe certamente tem gerado uma gama interessante de notícias e celeumas, as quais certamente chamam a atenção do público em geral. Uma das histórias mais intrigantes da competição envolve as jogadoras irlandesas Ruesha Littlejohn e Katie McCabe.

Sem aperto de mão

Littlejohn e McCabe mantiveram um relacionamento amoroso por longos sete anos, mas se separaram pouco antes da atual Copa do Mundo. Algumas pessoas creditam o motivo da separação a um suposto envolvimento de McCabe com a jogadora australiana Caitlin Foord.

E o fato é que essas suspeitas apenas aumentaram após um registro curioso. Antes da partida entre Irlanda e Austrália, Littlejohn se recusou a apertar a mão de Foord. O vídeo desse momento rapidamente se tornou viral nas redes sociais, e os fãs começaram a especular sobre o motivo da recusa.

Ciúmes da ex

Como era de se esperar quando o assunto é polêmica do coração, alguns acreditam que Littlejohn está com ciúmes de Foord, enquanto outros acreditam que ela estaria apenas magoada com a separação. Não há evidências concretas para apoiar nenhuma dessas teorias, mas o fato é que a tensão entre as três jogadoras é evidente: no vídeo, é clara a recusa de uma em cumprimentar a adversária, passando rapidamente para os cumprimentos à jogadora seguinte.

Dentro de campo, Littlejohn e Foord travaram uma batalha intensa, com ambas as jogadoras fazendo jogadas decisivas, o que trouxe ainda mais sabor à novela. No final, a Austrália venceu por 1 a 0, mas a rivalidade entre as três jogadoras promete continuar a agitar a Copa do Mundo Feminina.

Veja a repercusão do caso no Twitter:


notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Cupido Gari: Jogadoras se hostilizam em Mundial Feminino. Motivo estaria relacionado à traição da ex