Vampirona mesmo: Globo traça estratégia para tirar Galvão e CazéTV da jogada

A Rede Globo fechou um acordo de exclusividade com a CBF para transmissão dos jogos da Seleção Brasileira. Novo acordo promete jogar para escanteio os engraçadinhos do streaming, que vêm ganhando espaço na cobertura esportiva.

Fonte: Internet/Reprodução

Nada pra ninguém! Ainda não foi dessa vez em que pudemos decretar o fim da hegemonia da Dona Globo nas transmissões dos principais campeonatos de futebol. Pelo contrário: a nova estratégia usada pela maior emissora do Brasil promete afastar de vez os pequenos concorrentes que vinham ganhando força na internet. Mais especificamente: o aposentado Galvão Bueno e Casimiro com sua CazeTV, fenômeno do streaming que andou tirando o sono da Grandona.

‘Quando eu cheguei era tudo mato’

Erich Beting, da Máquina do Esporte, explana em detalhes o estratagema criado pela emissora para manter o domínio da exibição, reduzindo a entrada de novos competidores, sobretudo os engraçadinhos do streaming. Segundo ele, o objetivo é focar na Seleção Brasileira, abrindo mão de campeonatos menores. Goste ou não, os jogos do Brasil ainda são os maiores números de audiência, resultando em patrocinadores mais caros e num retorno maior de publicidade para os mesmos. Com quase 60 anos de hegemonia absoluta na comunicação do país, inocente foi quem acreditou que estava tudo perdido para ela, não é mesmo?

Quem tem dinheiro tem tudo

Ainda de acordo com Beting, o acordo fechado com a CBF vale para todo ‘ecossistema’ da Rede, ou seja, contempla todas as suas plataformas, seja na TV aberta, TV fechada (SporTV), streaming (Globoplay) e internet (GE-esportes.com). Exclusividade total para os jogos da seleção. Quando Galvão exibiu os jogos amistosos do Brasil, pós-Copa do Mundo, em 2022, todo mundo imaginou que era o fim do domínio, mas estavam errados. Foi argumento suficiente para a Globo se organizar, preparando uma ofensiva que não deixaria Streamer nenhum fazer mais barulho no mercado publicitário do que ela.

O futebol continua

Ainda que haja acordo de exclusividade, e a emissora mostre mais uma vez seu poder avassalador de seguir dando as cartas, vale lembrar que nem só de jogos da Seleção se faz o futebol. Há inúmeros campeonatos menores, nacionais e internacionais, que a cada dia atraem mais interessados por uma cobertura de nicho. Além disso, a grade da TV Aberta segue engessada, ainda com grande atenção para as novelas e suas publicidades. Portanto, há luz no fim do túnel para as novas modalidades de cobertura esportiva que despontam na mídia. Acompanhe as novidades do Globo Esporte no Twitter e fique por dentro de tudo o que é notícia: Colabore com Esporte e Mídia! Queremos suas sugestões de notícias para que o nosso site continue crescendo.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > noticias > Vampirona mesmo: Globo traça estratégia para tirar Galvão e CazéTV da jogada