Sergio Mauricio cospe no prato em que já comeu e dispara: “Melhor agora”

Publicado :

Em entrevista ao portal Uol Esporte, Sergio Mauricio falou da escolha acertada em migrar de emissora, durante a pandemia. O que ele não imaginava era a chuva de demissões que acometeria a antiga casa, depois de sua saída. Acompanhe detalhes da conversa aqui.

Foi durante a pandemia que o experiente jornalista Sergio Mauricio tomou a decisão que mudaria tudo. Cansado da política engessada da Globo, vendo-se sem espaço, apesar dos 30 anos dedicados de trabalho exclusivo, não pensou duas vezes quando recebeu uma proposta da Band para trabalhar com a concorrência.

Teria sido uma previsão do futuro?

Em entrevista ao Portal UOL Esporte, o jornalista abriu o jogo, mostrando-se extremamente satisfeito pela escolha arriscada. Teria sido uma previsão do que aguardaria o futuro dos Globais? Vale lembrar do surto de demissões em massa que vem acometendo todos os setores da emissora, sendo este mais acentuado no dos Jornalismo Desportivo. Além disso, outro fator fator recorrente de denúncias seriam os salários pífios que a Globo anda pagando, sem grandes cláusulas contratuais, o que reafirma a ideia de que as pessoas que ali estão permanecem apenas por medo de perder o prestígio de trabalhar na maior comunicadora do país.

Sérgio abre o jogo

Já são três anos desde que optou pela mudança, considerando-a amplamente positiva. Ele chegou a afirmar que se sentiria mais em casa agora do que na antiga empregadora, por considerar o trato diferenciado nos bastidores, além da identificação com os valores da companhia:

“Eu me senti apoiado, desejado, comecei a ter um respeito profissional que talvez nunca tenha tido na minha vida. Isso foi muito importante, porque você não trabalha só para ganhar dinheiro. Óbvio que a gente trabalha para poder ter as coisas, viver, viajar, enfim, curtir a vida. Mas o mais importante, em qualquer emprego, é uma coisa chamada salário emocional. E isso não tem preço”, falou Sergio, atualmente principal narrador das partidas automobilísticas transmitidas pela Band.

Mais adiante, acrescentou:

“É sobre terminar uma transmissão e o teu chefe ligar para você: ‘Pô, cara, foi bom pra caramba. Eu acho que você pode não falar aquilo ali, mas olha, no geral foi muito bom’. E era uma coisa que eu pouquíssimas vezes tive quando eu trabalhei na Globo. Na Band existe uma cumplicidade quando você vai fazer uma transmissão”, afirmou Maurício.

Rivais Históricas no Esporte

Apesar de não ser a emissora número 2 do país, a Band sempre fez rivalidade com a Globo quando o assunto é esporte. Sergio Mauricio não esconde a gratidão que sente pela antiga casa, mas não deixa de demonstrar a insatisfação em ser considerado mais uma peça, parte da engrenagem de um sistema grande demais para considerar as individualidades de cada um. O que, segundo ele, seria diferente na Band, lugar onde o profissional é a peça chave de qualquer transmissão esportiva.

Veja o perfil da Bandsports no Twitter e acompanhe todas as novidades do jornalismo esportivo:

Esporte e Mídia deseja a sua colaboração! Ajude o nosso site a crescer, sugerindo notícias e pautas a serem publicadas.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 12 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Profissionais > Sergio Mauricio cospe no prato em que já comeu e dispara: “Melhor agora”