Sem dar o braço a torcer, Netflix quer esportes à moda dos Reality Shows

Henrique Neves

Atualizado :

Após anunciar sua imersão na cobertura esportiva, vimos as ações da Netflix subirem. Agora mais detalhes têm sido oferecidos, e o que vemos é que o interesse da plataforma é transformar esporte em reality show. Acompanhe aqui.

Ninguém ficou quieto quando o anúncio foi feito: depois que a Netflix anunciou a sua inserção na cobertura esportiva, as coisas ficaram intensas. A mídia fez questão de entender o movimento, o número de assinaturas melhorou e as ações subiram na bolsa de valores. A ideia de transmitir um evento de Golfe com celebridades e atletas de outros ramos criou bastante curiosidade entre todos. 

Contudo, ao que parece, o interesse da gigante do Streaming está mais voltado para a produção de um programa nos moldes de um reality show, do que em um torneio esportivo propriamente dito. E é aí que mora o perigo.

‘Tô nem aí’

De que forma um torneio de golfe com celebridades poderia ser atrativo para audiência? Pela quantidade de drama o qual pode ser televisionado, é claro!! É essa a verdade. O foco da Netflix não é a competição, nem em abrir concorrência com as outras plataformas pelas principais fatias das modalidades esportivas: jogos da FIFA e NBA são caríssimos, e não é esse o objetivo deles.

O que a Netflix percebeu, vendo o sucesso das concorrentes, é que transmissões ao vivo engajam. E engajam por horas a fio! Além disso, costumam gerar burburinho nas redes sociais, com pessoas compartilhando em tempo real suas impressões sobre o evento. Dessa forma, parece ser a receita certa para o sucesso: celebridades, ao vivo, jogando um esporte pouco concorrido entre as outras plataformas. Esperteza!

Foco nas celebridades

Nada é por acaso, e todos os passos são calculados. O que veremos com o campeonato de Golfe é uma aposta segura, após observar o sucesso de programas documentais como Drive to Survive, sobre os bastidores da Fórmula 1, ou ou Break Point, sobre estrelas do Tênis lidando com os desafios da carreira durante um Grand Slam.

O que isso nos revela? A atenção e o interesse gerados pelo drama pessoal, muito além dos rankings e tabelas com os quais as competições esportivas lidam.

É por isso que podemos afirmar que o aspecto esportivo vai ficar em segundo plano para a gigante do streaming, muito mais entusiasmada em trazer os embates entre as personalidades que compõem esse universo.

Sem choro nem vela

A verdade é que não podemos nos queixar dessa iniciativa. Contudo, é preciso ter bastante cuidado. Se considerarmos o tratamento de celebridade que os ícones do esporte costumam receber, pode-se esperar ampla aderência a esse formato em um futuro breve. O que nos resta é rezar para que a vida pessoal dos competidores não passe a ser a única coisa interessante, e que nosso esporte seja salvaguardado desta nova faceta da indústria cultural.

Veja o perfil da Netflix no Twitter e acompanhe todas as novidades da Gigante do Streaming:

Esporte e Mídia quer contar com sua colaboração! Sugira notícias e pautas a serem publicadas em nosso site.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 21 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Streaming > Sem dar o braço a torcer, Netflix quer esportes à moda dos Reality Shows