Não quer largar o osso! Galvão apela pro Youtube, depois de aposentadoria

Publicado :

Galvão Bueno, agora aposentado da Rede Globo, segue fazendo turnê de divulgação do seu novo documentário, disponível na Globoplay. O ex-narrador da Rede Globo parece não estar disposto a sair da mídia, investindo no Youtube como forma de se manter em evidência.

Fonte: Internet/Reprodução

Difícil para uma celebridade aceitar o fim da carreira, não é mesmo? É o que tem acontecido com Galvão Bueno, antigo número 1 da Rede Globo, depois de assinar os papéis de sua aposentadoria. Agora, em sua tour de divulgação do novo documentário sobre sua vida na Globoplay, o ex-narrador anda forçando uma simpatia nunca antes vista, pelo menos é que anda sendo dito por debaixo dos panos.

Explicou o nome do canal

GB: esse é o nome escolhido por Galvão para o seu canal. Segundo ele, em entrevista para o Flow Podcast, é essa a forma com que os ‘mais próximos’ o chamam. Leia-se ‘mais próximos’, segundo o próprio Galvão, o pessoal do automobilismo e da agropecuária, segunda linha de investimentos do próprio.

“O pessoal do automobilismo me chama de Gavi. A grande maioria desses caras (mais próximos) me chama de GB. A minha marca é GB. Eu crio gado, fiz muitos leilões, desenvolvimento genético, ganhei prêmios em todas as principais exposições do Brasil, e se chama Agropecuária GB. Só no vinho que virou “Bueno Wines”. GB é a minha marca”. Afirmou, viciado em namedropping.

A Globo não gostou muito

Muito mau-acostumado a ser o manda-chuva por onde passa, Galvão insistiu em levar para o Youtube a mesma dinâmica que possuía dentro da emissora, o que terminou desagradando seus antigos patrões. O desejo de GB seria continuar dando as cartas, aproveitando-se de todo o prestígio conquistado com a ajuda do canal ao longo dos anos. Dessa forma, passou a narrar os jogos da CBF (os quais a Globo não conseguiu exibir), e ainda quis levar os comentaristas de peso, ainda contratados pela antiga chefe, como Arnaldo Cezar Coelho. A resposta veio em forma de veto, criando tensão entre as partes.

Não satisfeito, Galvão organiza agora um quadro só de entrevistas, onde irá mostrar toda a sua influência e poder de persuasão. O nome do quadro será “Fala, Galvão”: uma possível resposta ao traumático “Cala Boca, Galvão”, viralizado anos atrás. É mole?

Repercurssão nas redes

Gostando ou não, o fato é que Tio Gavi está curtindo a nova tal liberdade, aproveitando os espaços cedidos para falar abertamente de temas que geram curiosidade em qualquer pessoa. Afinal, o cara esteve presente em praticamente todas as grandes conquistas que o esporte brasileiro alcançou. Veja alguns tweets destacados sobre a participação de Galvão no Flow:

Interessado pelo Flow Podcast? Siga-os nas redes para ficar por dentro das novidades:

Esporte e Mídia quer te escutar! Colabore conosco sugerindo pautas para que nosso site continue crescendo.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 14 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Profissionais > Não quer largar o osso! Galvão apela pro Youtube, depois de aposentadoria