Em crise, TV Corinthians dispensa 65% dos funcionários

Henrique Neves

Atualizado :

A TV Corinthians confirmou a dispensa de 13 de seus funcionários nesta quarta-feira, o que representa a diminuição de 65% do quadro de colaboradores. As dispensas fazem com que a emissora prossiga no ar com o trabalho de sete profissionais, segundo o Comunique-se.

LEIA TAMBÉM: Funcionários da TV Corinthians estão com salários e benefícios atrasados

Para a demissão, a justificativa apresentada pela emissora é a de que as disputas internas na direção do clube, responsável pelo gerenciamento e patrocínio do canal, estão influenciando nas decisões relativas ao canal, o que provocou a “reestruturação”. Mesmo com o conflito, a TV+ afirma que o veículo seguirá no ar. “É um projeto inovador”, afirma a equipe de comunicação da emissora responsável pela produção do canal.

A TV Corinthians afirmou também que “apenas” os salários de março não foram depositados, mas que a situação vai ser normalizada até o próximo dia 15.

Já o Corinthians, por meio da assessoria de imprensa, informou que ninguém do clube está autorizando a falar sobre a situação de sua emissora.

Ao Portal Imprensa, o dono na TV+, Carlos Carreiras desmentiu as informações publicadas pelo portal R7 alegando que funcionários da TV Corinthians estão com salários e benefícios atrasados desde janeiro. Ele afirmou que não sabe de onde as informações foram tiradas, e que os responsáveis pela reportagem terão de se explicar.

“O que está atrasado é uma parte do salário de março. E só. E não tem essa de más condições de trabalho. Mesmo assim o jornalista vai e publica que falta luz na redação, que não tem reembolso de combustível? Isso é um absurdo!”, disse indignado. Carreiras afirmou também que enviou um e-mail à presidência do portal responsável pela matéria cobrando explicações e direito de resposta.

“Eu quero ver apresentar esse dossiê [que a reportagem do R7 disse ter tido acesso], com quem falou… Isso é jornalismo leviano. Ainda não sei o que vou fazer, se vou processar ou acionar o sindicato. Eu não sou jornalista, mas emprego jornalistas. É tudo infundado. Isso não se faz”, disse Carreiras. Para ele, o motivo da matéria é a perda da emissora dos direitos de transmissão de um campeonato de futebol. “É uma troca de chumbo. A emissora quer atingir o Corinthians e está usando o jornalismo”, afirmou.

Carreiras confirmou a reestruturação e as demissões no programa “Timão News”, que deixa de existir. “Os torcedores gostam de ver os treinos e as coletivas. Precisávamos reestruturar, e não tinha como manter essa equipe. No fim, houve redução de seis funcionários no quadro. Foram 10, mas quatro novos serão contratados para substituir funcionários que não estavam cumprindo as funções conforme esperado”, explicou. De acordo com Carreiras, o motivo é uma crise no mercado, que tem a ver também com a saída da TV da Net, conforme informou a coluna “Outro Canal”, da Folha de S. Paulo, na manhã de ontem.

Já o vice-presidente do clube, Luis Paulo Rosenberg afirmou que desconhecia a matéria e que ninguém entrou em contato com ele sobre o assunto, embora ele seja citado no texto do R7. Segundo a publicação, na última semana Carreiras conseguiu patrocínio para a TV, mas na hora de fechar, foi “desencorajado” por Rosenberg.

“É mentira. O clube não é responsável por conseguir patrocínio, isso é responsabilidade nossa, da TV”, disse Carreiras. E Rosenberg confirmou. “Tenho maior interesse em que a TV sobreviva, claro. Mas eu não posso ter responsabilidade pela saúde financeira de produtos licenciados. Isso é com a TV. Eu nem sabia dessa matéria. E não vetei patrocínio porque não tem nada a ver comigo”, explicou o vice-presidente do clube.

A TV Corinthians é um produto da TV+ e foi licenciada pelo clube. Toda a responsabilidade por patrocínio é de responsabilidade da emissora.

TV Fechada

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 26 de Maio 2024

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

Parimatch Sport

Bônus

R$ 500

Starda Sport

Bônus

R$ 500

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

-

IZZI Sport

Bônus

R$ 100

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Sem categoria > Em crise, TV Corinthians dispensa 65% dos funcionários