41 anos da batalha de La Plata: o confronto épico entre Grêmio e Estudiantes na Libertadores de 1983!

Luiza Ximenes Pernambucano

Atualizado :

Grêmio e Estudiantes protagonizaram a intensa "Batalha de La Plata" na Libertadores de 1983, com expulsões, reviravoltas e um emocionante empate em 3 a 3, marcando a história do futebol.

No dia 8 de julho de 1983, Grêmio e Estudiantes protagonizaram um dos confrontos mais intensos da história do futebol sul-americano. O jogo, válido pela Copa Libertadores, ficou marcado pela rivalidade acirrada entre brasileiros e argentinos, além de um contexto político tenso devido à Guerra das Malvinas.

A guerra gerou um clima de tensão e nacionalismo exacerbado na Argentina, que se refletiu em diversos aspectos da vida do país, incluindo o futebol. A partida entre Grêmio e Estudiantes foi um dos momentos em que esse clima de tensão se manifestou, com os argentinos buscando uma vitória para aliviar as tensões e elevar o moral do país.

Os argentinos tiveram quatro jogadores expulsos

A partida, disputada no Estádio Jorge Luis Hirschi, em La Plata, foi muito mais do que um simples jogo de futebol. Desde o início, os ânimos estavam exaltados. Marcelo Trobbiani, jogador do Estudiantes, já recebeu um cartão amarelo antes mesmo do apito inicial, por estar fora de posição no saque inicial.

Com lances acalorados dos dois lados, o jogo viu sua primeira expulsão aos 30 minutos, quando Trobbiani reagiu de forma agressiva a uma falta e foi para o chuveiro mais cedo. A partir daí, a partida se transformou em uma verdadeira batalha em campo.

Mesmo com a desvantagem numérica, o Estudiantes não se entregou. Os argentinos, com sete jogadores em campo devido a expulsões e lesões, conseguiram empatar o jogo em 3 a 3, após estar perdendo por 3 a 1. O gol de empate, marcado nos minutos finais, levou a torcida argentina à loucura.

Uma partida que estrou para história

Para os brasileiros, o empate foi um resultado amargo, mas que acabou sendo positivo dadas as circunstâncias. Com a igualdade no placar, o Grêmio garantiu sua classificação para a final da Libertadores daquele ano, onde viria a conquistar o título ao vencer o Peñarol.

A Batalha de La Plata ficou marcada como um dos capítulos mais intensos da história do futebol sul-americano, mostrando a rivalidade e a paixão que envolvem o esporte na região. Mesmo após mais de 40 anos, o confronto entre Grêmio e Estudiantes ainda é lembrado como um dos momentos mais emblemáticos do futebol continental.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Gremio

Hermanos

notícias

tops

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > 41 anos da batalha de La Plata: o confronto épico entre Grêmio e Estudiantes na Libertadores de 1983!