Quem financia? Estudo revela os principais patrocinadores do futebol

Atualizado :

Levantamento recente revela forte presença de empresas de apostas nas camisas dos principais times de futebol do Brasil e do mundo.

O futebol brasileiro e mundial têm visto um aumento significativo nas parcerias entre clubes e empresas de apostas online. Segundo um levantamento recente do site Bolavip Brasil feito em 12 países, incluindo o Brasil, cerca de 27% dos times de primeira divisão têm as casas de apostas como seu principal patrocinador.

Isso acontece principalmente no futebol brasileiro, onde 15 dos 20 clubes da Série A têm uma casa de apostas como principal anunciante na camisa. Mas a tendência não se limita ao Brasil, com parcerias semelhantes sendo observadas em outras ligas importantes ao redor do mundo, como na Inglaterra, Portugal, Holanda, Bélgica e México.

Clubes Brasileiros na Vanguarda

O estudo revelou que o Brasil lidera tanto em número quanto em porcentagem de times com parcerias com empresas de apostas, com uma impressionante taxa de 75%. O Vasco da Gama, por exemplo, recentemente estreou a Betfair como seu novo patrocinador, juntando-se a uma lista crescente de clubes brasileiros que buscam receita por meio dessas parcerias.

O crescimento das casas de apostas como patrocinadoras principais está se tornando uma realidade não apenas no Brasil, mas em todo o mundo. De acordo com o estudo, três em cada dez patrocinadores principais no futebol mundial são empresas de apostas online. Isso representa não apenas a busca por oportunidades de negócios por parte dessas empresas, mas também a crescente ligação entre o futebol e o mercado de apostas esportivas.

Segundo Darwin Filho, CEO do  Esportes da Sorte, essa aproximação entre as empresas e os clubes de futebol é uma oportunidade valiosa para ambas as partes. Ele destaca: 

“A possibilidade de estreitar os laços com clubes de futebol e sua legião de apaixonados é uma grande oportunidade para qualquer empresa, particularmente para as casas de apostas esportivas cuja sinergia de oferta de serviços estará diretamente entrelaçada com o futebol.”

Levantamento revela forte presença de empresas de apostas nas camisas dos principais times de futebol do Brasil e do mundo.

Parcerias Além das Camisas

Apesar de os patrocínios nas camisas serem o ponto focal dessas parcerias, espera-se que a colaboração entre clubes e empresas de apostas online vá além do espaço de publicidade nos uniformes. Segundo Darwin Filho:

“uma estratégia de marketing eficiente não pode depender de um canal único de anúncio”.

O estudo revela que, entre os países analisados, apenas Espanha, Itália e Turquia não contam com patrocínios de empresas de apostas nas equipes da primeira divisão. Porém, em países como Inglaterra, Portugal, Holanda, Bélgica, Brasil e México, as casas de apostas são predominantes, estando presentes em mais da metade das equipes de elite.

A virada do negócio

Em mercados mais maduros, como na Espanha e na Itália, os valores de patrocínio tendem a estar mais alinhados com o mercado publicitário em geral, enquanto no Brasil, os valores podem estar inflacionados devido à falta de maturidade do mercado.

Bruno Maia, especialista em tecnologia esportiva e entretenimento, observa que muitos clubes podem ter demorado para reconhecer a importância desse segmento de mercado. Ele comenta: 

“Era um mercado de patrocínios que já vinha caindo em 2018 e 2019, mas em 2020 começou a virar por conta apenas deste segmento de apostas.”

Ainda é cedo para prever totalmente o impacto dessas parcerias, mas é claro que elas estão se tornando uma parte cada vez mais importante do cenário do futebol mundial.

Acompanhe as novidades sobre o patricínio do Vasco no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Interessado em palpites online? Visite nosso guia de apostas seguras e confiáveis e se divirta!

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 20 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Últimas Notícias > Quem financia? Estudo revela os principais patrocinadores do futebol