Rogério Ceni lamenta gols de bola parada em estreia do Bahia no Brasileirão: “É complicado”

Publicado :

O Bahia perdeu para o Internacional por 2 a 1 na estreia do Campeonato Brasileiro. Rogério Ceni criticou os gols sofridos, destacando a falta de maturidade da equipe em manter a vantagem fora de casa.

O Bahia estreou no Campeonato Brasileiro com uma derrota por 2 a 1 para o Internacional, e o técnico Rogério Ceni não poupou críticas aos gols sofridos pela equipe. O Tricolor abriu o placar com Biel, mas viu o adversário virar o jogo com gols de Wesley e Fernando, ambos originados de situações de bola parada.

Em entrevista após a partida, Ceni lamentou a falta de maturidade da equipe em manter a vantagem fora de casa e destacou a importância de segurar o adversário por mais tempo. Ele explicou suas escolhas na escalação, incluindo a entrada de Oscar Estupiñán para dar mais peso à área adversária, mas admitiu que o Bahia não conseguiu produzir como esperado.

“Estava um jogo truncado, difícil, poucas oportunidades de gol. A gente sofreu o gol no minuto 70, por aí. A gente poderia ter tentado segurar minimamente, deixar o time nervoso. Tomar um gol de lateral, da maneira como foi, é complicado. E aí o torcedor começa a cantar, o adversário cresce. Dois gols de bola parada, lateral e bola no segundo pau, sabíamos que escanteio no segundo pau”, disse Ceni.

Cobrou: “Temos que ter mais maturidade”

O técnico também comentou sobre a partida equilibrada, com poucas oportunidades de gol, e reconheceu a competitividade do Internacional. Ele afirmou que o Bahia tem condições de fazer um Brasileirão melhor do que no ano anterior e destacou a necessidade de corrigir os erros defensivos.

“O que fica é que temos que ter mais maturidade com vantagem fora de casa, colocar o adversário em situação mais difícil por mais tempo. Falta de atenção nossa. Mas [gol de] lateral foge um pouco do padrão da gente”, cobrou o técnico.

Para o próximo jogo contra o Fluminense, Ceni ressaltou a importância de melhorar o desempenho da equipe e corrigir os erros cometidos contra o Internacional. Ele mencionou a tentativa de criar jogadas pelos lados do campo, mas reconheceu que a equipe não conseguiu produzir como esperado.

Vida que segue: próximos passos do Bahia

Apesar da derrota, Ceni demonstrou confiança na equipe e na capacidade de reação para os próximos desafios. O Bahia já está se preparando para o próximo jogo, que será realizado na Arena Fonte Nova, e os ingressos estão à venda para os torcedores que desejam apoiar o time.

A estreia no Campeonato Brasileiro serviu como um teste para o Bahia, que agora busca corrigir os erros e melhorar seu desempenho nas próximas partidas. A torcida tricolor espera ver uma equipe mais consistente e determinada em campo, buscando sempre os melhores resultados.

Acompanhe notícias do Tricolor de Aço no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Brasileirão Série A > Rogério Ceni lamenta gols de bola parada em estreia do Bahia no Brasileirão: “É complicado”