Villas Boas apresenta os seus planos para a presidência do FC Porto

Publicado :

Eleição acirrada no FC Porto entre Villas Boas e Pinto da Costa. Villas Boas foca em reforços, gestão financeira, base, sucesso desportivo e futebol feminino. Clube deixou de ser potência na exportação de jogadores.

FC Porto está vivendo dias agitados devido à disputa pela presidência. André Villas Boas e Pinto da Costa estão discutindo na votação, e muitos dos sócios do clube estão expectantes. No meio de vários eventos de campanha, o antigo treinador do Tottenham falou sobre seus futuros planos desportivos. É tido em grande estima por vários jogadores do clube.

“É fundamental trazermos para a equipe principal mais elementos capazes, tendo mais cuidado na escolha dos melhores talentos. Em breve apresentaremos o nome ligado à direção desportiva”.

Confessou Villas Boas

As declarações dele tornaram-se rapidamente virais no ambiente do clube, uma vez que uma grande parte dos torcedores são apoiantes de sua candidatura. Por outro lado, os membros do clube consideram que chegou o momento de mudar de direção. Em grande medida, a equipe vive uma seca desportiva. Nos últimos anos, tem sido dominada pelos seus maiores rivais.

 

Plano traçado

Outro dos projetos de André foi a questão financeira, e ele não deixou escapar o assunto em seu último discurso à imprensa. Em várias ocasiões, Villas Boas criticou Da Costa pela utilização dos recursos financeiros do clube. O diretor declarou que, em sua gestão, haverá um maior rigor nesse domínio. Ao mesmo tempo, comentou que é preciso ter cuidado na escolha do pessoal.

principal atrativo das propostas do dirigente é o sucesso desportivo. Boas quer que o Porto volte a destacar-se a nível europeu, uma vez que nas últimas épocas tem ficado de fora da Liga dos Campeões ou da Liga Europa. Ele fez esse comentário após a eliminação contra o Arsenal.

Finalmente, não deixou escapar a questão do futebol femininoVillas Boas considera que a equipe tem sido negligenciada pela atual direção por não ter investido o suficiente na equipe feminina.

 

FC Porto deixou de ser potência de exportação?

Tudo indica que os tempos em que os Dragões tinham grandes estrelas acabaram. O clube azul caracterizou-se por vender futuros grandes jogadores aos grandes clubes da Europa. Foi o caso de jogadores como Radamel FalcaoJames RodríguezJoão Mourinho e Pepe; todos eles jogaram durante muitos anos em equipes de elite.

Uma das chaves do fracasso é a questão das forças de base, uma vez que o clube tomou a seu cargo a contratação de jogadores e não dando hipóteses a jogadores promissores. Atualmente, o plantel da equipe principal tem apenas seis jogadores formados no país. O número mais baixo desde há muito tempo. Além disso, o seu líder no vestiário é um produto das camadas jovens do Sporting de Lisboa.

Por outro lado, este problema afetou os cofres da equipe, que deixou de fazer vendas milionárias. A última grande venda foi há mais de duas épocas. Foi Éder Militão ao Real Madrid, vendido por quase 70 milhões de euros. Agora, o homem que pode ser o futuro da equipe é Francisco Concienciao.

Expectativas de dias melhores

Espera-se que com a nova presidência a dinâmica mude, uma vez que os sócios estão habituados a que a instituição explore ao máximo a sua academia de jovens. Em grande medida, o projeto virá da pessoa que assumir o cargo de diretor desportivo. A próxima temporada será uma época de muitas mudanças para os Dragões.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 18 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Portugal > Liga Portugal > Villas Boas apresenta os seus planos para a presidência do FC Porto