Discurso de Cuca gera debate e jornalista da globo dispara: “bandeira branca em forma de leitura de papel”

Márcia Pereira

Publicado :

O técnico Cuca se pronunciou sobre caso de violência sexual de 1987. Discurso gerou debate. Ana Thaís Matos, do Grupo Globo, criticou, dizendo que "histórica foi a postura de mulheres e homens do jornalismo esportivo".

O técnico Cuca, do Athletico-PR, se pronunciou sobre um caso de violência sexual ocorrido em 1987, na Suíça, quando ainda era jogador. O discurso gerou debate e questionamentos sobre a responsabilidade dos homens na luta contra a violência sexual.

Em seu pronunciamento, Cuca reconheceu a necessidade de mudança e se comprometeu a fazer parte da transformação. Ele propôs usar sua voz para educar outros homens, principalmente os jovens, sobre o respeito às mulheres. “Sucesso, dinheiro e fama não servem para nada se você se perder no caminho”, disse.

Reação de jornalista da Globo

A comentarista Ana Thaís Matos, do Grupo Globo, discordou de quem chamou o discurso de Cuca de histórico, destacando a ação de mulheres e homens na luta contra a violência de gênero no futebol. Acrescentou, ainda, que a fala do técnico não coloca um ponto final nem uma “bandeira branca” na discussão.

“Que me desculpem amigos e amigas que ficaram comovidos com a bandeira branca em forma de leitura de papel. Mas histórico para o futebol brasileiro foi a postura de algumas mulheres e alguns homens do jornalismo esportivo, e também de alguns atletas”, iniciou a jornalista.

“Mas HISTÓRICO [sic] para o futebol brasileiro foi a postura de algumas mulheres e homens do jornalismo esportivo e também algumas atletas. Não só no caso do retorno atual do agora técnico do Athletico, mas durante a passagem pelo Corinthians e a última pelo Galo. No caso do ex-jogador do Santos [Robinho], no caso do Daniel Alves e entre outros ‘menores’ nesses últimos cinco anos”, acrescentou.

Relembre caso de 1987

Cuca e outros jogadores foram acusados de ter relações sexuais com uma menor de idade sem consentimento na Suíça. Eles foram condenados, mas não cumpriram a pena por estarem no Brasil. Em 2023, Cuca obteve a anulação do processo por erro no julgamento, mas não houve análise do mérito do caso.

O caso de Cuca levanta questões importantes sobre a violência sexual, a justiça e o papel dos homens na sociedade. É importante que o debate continue para que possamos construir uma sociedade mais justa e igualitária. A começar, pelo universo do futebol.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Profissionais > Discurso de Cuca gera debate e jornalista da globo dispara: “bandeira branca em forma de leitura de papel”