Lições para Textor: em meio a polêmicas, comentarista da SporTV aconselha cartola a aprender português: “Seria fundamental”

Mateus Taz

Publicado :

Aprender português e construir pontes com outros dirigentes do futebol brasileiro: são as sugestões do comentarista Paulo Cesar Vasconcellos para John Textor. O acionista da SAF do Botafogo tem se envolvido em diversas polêmicas recentemente.

O Botafogo celebrou dois anos de Sociedade Anônima do Futebol (SAF) nesta segunda-feira (13), mas o caminho para o sucesso ainda é longo. O acionista majoritário John Textor, figura central nesse processo, busca soluções para que o clube alcance seus objetivos.

Para o comentarista Paulo Cesar Vasconcellos, do programa Seleção SporTV, duas ações podem ser cruciais para o americano: aprender português e construir pontes com outros dirigentes do futebol brasileiro.

A importância de aprender português

Segundo Vasconcellos, aprender português seria fundamental para que Textor se aproxime do futebol nacional. “Seria fundamental, depois de dois anos investindo…”, pondera o comentarista.

“Aprende a língua do país em que você está investindo, vai tornar você mais simpático, facilitar a interlocução, não vai a parecer que é o cara que vem de fora e quer ensinar”, completa.

botafogo

Integração com outros dirigentes

Vasconcellos também sugere que Textor busque um melhor relacionamento com outros dirigentes do futebol brasileiro.

“Textor me parece querer construir pontes por um futebol mais forte. Mas, para isso, o primeiro passo que ele deveria se preocupar seria aprender português. Porque isso aproximaria do corpo diretivo do futebol”, opina o comentarista.

A opinião de Vasconcellos foi recebida com certo apoio por parte da torcida do Botafogo e de especialistas em futebol. Há quem discorde da necessidade de Textor aprender português, argumentando que a língua inglesa já é suficiente.

Outras questões em aberto

As polêmicas em torno das acusações de Textor contra a arbitragem brasileira, sem apresentação de provas, também geram dúvidas sobre o futuro do americano no clube. O STJD deu um prazo de 3 dias para que ele apresente as provas, sob risco de punição.

O futuro de Textor no Botafogo dependerá de diversos fatores, como o desempenho do time, a resolução das pendências com a arbitragem e da sua capacidade de se integrar ao futebol brasileiro. Aprender português e construir pontes com outros dirigentes podem ser importantes para o sucesso de Textor no clube.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Botafogo

notícias

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 19 de Maio 2024

KTO Sport

Bônus

R$ 200

EsportesdaSorte Sports

Bônus

R$ 300

Parimatch Sport

Bônus

R$ 500

Starda Sport

Bônus

R$ 500

Legend Play Sports

Bônus

R$ 1.750

Roobet Sports

Bônus

R$ 80

Royalistplay Sports

Bônus

R$ 500

Leovegas Sport

Bônus

-

IZZI Sport

Bônus

R$ 100

Bet7k Sports

Bônus

R$ 7.000
Você está aqui: Início > Profissionais > Lições para Textor: em meio a polêmicas, comentarista da SporTV aconselha cartola a aprender português: “Seria fundamental”