Rehab nele! Antigo jogador argentino vai parar na enfermaria psiquiátrica

Ezequiel Lavezzi está internado desde 7 de janeiro, após uma crise hipomaníaca com ferimentos abdominais por tesoura, relacionados ao consumo problemático de álcool. Sofre de hipomania, distúrbio psiquiátrico. Em entrevista, admitiu problemas com álcool e busca reabilitação. Hospitalizado anteriormente por ferimentos com faca. Sem previsão de alta.

Ezequiel Lavezzi está internado em uma instituição de saúde mental desde 7 de janeiro de 2024. O ex-jogador argentino da Copa do Mundo ainda não tem data para deixar o hospital, após sofrer uma crise hipomaníaca com ferimentos no abdômen causados por uma tesoura. De acordo com a imprensa argentina, os problemas decorrem de um consumo problemático de álcool.

Pocho e o Consumo de Álcool

Na verdade, em uma entrevista após a pandemia, Pocho comentou que sua válvula de escape era o consumo de álcool. Na ocasião, afirmou: “gosto muito de tequila. Costumava beber muito vinho”, mas que este último “desligava a televisão” quando bebia muito em casa. No dia seguinte, não se lembrava do que tinha acontecido.

Mauricio D’Alessandro, advogado de Ezequiel Lavezzi, afirmou que ele está no centro médico devido a um “distúrbio psiquiátrico“. Ele estava sofrendo de hipomania, uma perturbação crônica do humor. “Ele já tinha sofrido as consequências dessa patologia no passado”, disse à SoFoot. O representante legal do ex-jogador comentou que o distúrbio pode levar a automutilação pelos próprios impulsos.

De acordo com a Escola Superior de Psicologia e Psiquiatria, essa perturbação de Lavezzi é definida como “o estado de exaltação mental, caracterizado por níveis exorbitantes de energia, desinibição e propensão para a irritação“. Pode ser demonstrado por casos como a sensação de energia exorbitante, autoestima desproporcional, necessidade contínua de falar sem parar e a impossibilidade de controlar os pensamentos, juntamente com a fuga de ideias.

Lavezzi foi para o hospital para se reabilitar.

Declarações de Lavezzi

Ezequiel Lavezzi prestou declarações aos microfones de El Trece, um canal de televisão argentino, momentos antes de entrar no hospital psiquiátrico. Ele tentou se livrar dos vícios, mas não foi capaz de fazê-lo para manter-se saudável nos próximos anos. Por isso, decidiu ir para a reabilitação.

“Não tive escolha… É difícil, mas tenho que fazer. Tenho que mudar minha vida e meus hábitos. E tenho que fazer tudo isso pelo meu filho. Eu tinha ido longe demais.”

Além disso, o jornalista Matías Vázquez comentou que Pocho chegou “zarpado” (alterado) e não teve outra alternativa senão ir para o hospital.

 

 

Os problemas vêm de antes

Pocho Lavezzi teve que ser hospitalizado de urgência no Sanatório Cantegril, na madrugada de 20 de dezembro. Chegou com uma ferida de faca no abdômen e uma fratura na clavícula, segundo a imprensa uruguaia em Punta del Este.

Seu advogado contou o que aconteceu na casa de Pocho no Uruguai:

“Nas primeiras horas da manhã, começou a gritar e a dizer que havia pessoas em casa. O irmão começou a procurar por todo o lado e pegou uma tesoura… O irmão disse-lhe que não estava lá ninguém. Ezequiel Lavezzi insistiu que sim. Nesse momento, entrou em um estado de tensão e perdeu a cabeça. O irmão agarrou-o e caíram. Ao cair, Pocho sentiu uma dor aguda. As feridas superficiais em seu abdômen foram causadas por essas tesouras e não por qualquer outro ferimento.

Pocho ainda não tem uma janela para sair do hospital. Terá que esperar que o paciente seja completamente limpo para que possa ser libertado pelo hospital. De acordo com os meios de comunicação internacionais, não terá alta tão cedo.

 

Acompanhe no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol de Seleções > Seleção Argentina > Rehab nele! Antigo jogador argentino vai parar na enfermaria psiquiátrica