Ou isto, ou aquilo: Ancelotti é obrigado a escolher entre Brahim Diaz e Rodrygo

Carlo Ancelotti continua a fazer ajustes em sua equipe.

A saída de Jude Bellingham abriu o debate sobre o atacante titular do Real Madrid. Nas últimas semanas, Brahim Díaz entrou em cena como uma figura de alto nível. Seu gol contra o RB Leipzig lhe rendeu a vaga de titular no Vallecas. Enquanto isso, Rodrygo Goes está vivendo seu pior momento na temporada. O brasileiro está sendo relegado ao banco de reservas.

Normalmente, a equipe merengue joga com uma formação 4-4-2. No entanto, devido à queda de desempenho de Goes, Ancelotti optou por dar uma chance a Joselú e mais minutos a Díaz. Além disso, as ausências no meio-campo também levaram a uma formação 4-3-3. Os brancos estão passando por dias difíceis devido a suspensões e lesões.

Muita fé no projeto

Dentro dos Merengues, há total confiança no alto nível de Brahim, que é o jogador que teve a melhor avaliação nas últimas partidas. Até os torcedores criticaram a atuação de Vinicius Jr. contra o Rayo Vallecano. Os dois jogadores da seleção brasileira estão sofrendo uma queda significativa de desempenho nesta temporada.

Uma das estatísticas que a equipe técnica leva em conta é o número de partidas e de substituições. Brahim tende a jogar melhor quando começa os jogos nesta temporada. O meio-campista espanhol foi titular em 44,8% dos jogos do Real Madrid. Sete de seus oito gols foram marcados como titular e suas três assistências foram dadas como titular.

Rodrygo, por outro lado, não tem sido titular nesta temporada. O carioca tem se saído melhor quando entra em campo como substituto. Há algumas temporadas, ele era o trunfo de Ancelotti nos jogos importantes da temporada. Nesta temporada, os titulares no ataque são Goes e Vinicius. Tudo mudou para o ex-jogador do Santos.

Rodrygo vai embora para a próxima temporada

Kylian Mbappé continua sendo o assunto da cidade nas últimas horas. Depois de anunciar que decidiu não renovar seu contrato com o Paris Saint-Germain, ainda há especulações sobre sua chegada a Madri. Por isso, Nasser Al-Khelaïfi começou a se movimentar para contratar três jogadores para substituí-lo. Para surpresa do Madri, um deles será Rodrygo.

A chegada de Mbappé aos Merengues não será fácil, nem em termos de orçamento nem em termos de equipe. O atacante carioca será a principal desvantagem e, nessa situação, ele prefere sair a ficar para continuar crescendo como jogador fora do Santiago Bernabéu. O Catar o tem acompanhado de perto há algum tempo.

Há algumas semanas, o jogador expressou seu desejo de dividir o time com o capitão da seleção francesa. Sua saída dos Merengues parece estar longe de acontecer. No entanto, tudo dependerá de seu desempenho no restante da temporada. A diretoria esportiva do Madrid não vai querer deixá-lo ir embora. Ele é uma parte importante do projeto esportivo do clube.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Espanha > La Liga > Ou isto, ou aquilo: Ancelotti é obrigado a escolher entre Brahim Diaz e Rodrygo