Rodrygo supera derrota para a Argentina e marca dois no retorno ao Real

Rodrygo Goes brilhou novamente no Real Madrid ao marcar dois gols na vitória por 3 a 0 sobre o Cádiz. O brasileiro, que já havia se destacado contra o Valência, mostrou sua versatilidade como lateral-direito, contribuindo não apenas com gols, mas também com uma assistência para o terceiro gol. Seu desempenho estatístico impressionou, com destaque para seus dribles e uma nota de 9,5 atribuída pelo SofaScore. Rodrygo afasta preocupações sobre lesões, respondendo de forma convincente às dúvidas sobre sua forma física antes do jogo e assumindo o protagonismo em um Real Madrid sem Vinicius como extremo titular.

Rodrygo Goes continua em alta no Real Madrid, desta vez a vítima foi o Cádiz

Rodrygo marcou dois gols na vitória do Real Madrid sobre o Cádiz, com o placar de Real Madrid 3 x 0 Cádiz. O brasileiro alcançou a marca de cinco gols no campeonato.

O lateral-direito retornou ao Real com gols. Antes da parada para a FIFA, o brasileiro já havia se destacado com uma dupla de gols e assistências contra o Valência, e agora mantém a sequência positiva.

O primeiro gol da noite ocorreu aos 13 minutos do primeiro tempo. Recebendo um passe de Jude Bellingham no canto esquerdo da área, Rodrygo se deslocou para a direita, passou a bola ao lateral e finalizou com o pé direito no ângulo superior da área, abrindo o placar para os Merengues.

Após esse gol, o jogo parecia que seria desafiador para os visitantes, mas aos 64 minutos veio o segundo gol.

Em um contra-ataque de 5 contra 3 liderado por Federico Valverde, Luka Modric entregou a bola para Rodrygo. Recebendo-a perto da borda da área pelo flanco esquerdo, ele adentrou a grande área, driblou um defensor e marcou com o pé direito no canto do gol mais próximo.

Rodrygo encerrou sua magnífica atuação com uma assistência para Bellingham no terceiro gol. Aos 74 minutos, o inglês fez um cruzamento para a segunda trave.

 

O desempenho de Rodrygo em números

Rodrygo começou jogando na esquerda em um esquema 4-4-2, a posição habitual de Vinicius Junior. Compartilhando o ataque com Joselu, demonstrou eficácia no jogo individual. Em 78 minutos, realizou três chutes ao gol, sendo dois deles certeiros.

Além dos gols marcados, teve uma oportunidade individual desperdiçada. Toque na bola 65 vezes, sendo o jogador que mais a recebeu no ataque.

No quesito de passes, teve um desempenho sólido: não apenas forneceu a assistência para o terceiro gol, mas também realizou três passes-chave, com uma taxa de sucesso de 93%. Além disso, efetuou seis dribles bem-sucedidos em nove tentativas, cometendo três faltas.

Perdeu a posse da bola em 10 ocasiões e cometeu uma falta. Sua conexão com Jude foi evidente durante todo o jogo, originando dois dos três gols.

Também teve sucesso em nove dos 13 duelos, um número recorde para ele em jogos da Liga. O SofaScore atribuiu-lhe uma nota de 9,5, próxima dos 10,0 que obteve no Mestalla. Com dois gols em dois jogos, afastou as preocupações sobre uma possível lesão no joelho.

Antes da partida, havia dúvidas sobre sua condição física devido a uma lesão contra o Brasil. Rodrygo Goes assume a liderança em uma equipe do Real Madrid que não conta com Vinicius como extremo titular, respondendo assim às dúvidas que pairavam sobre ele.

 

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Espanha > La Liga > Rodrygo supera derrota para a Argentina e marca dois no retorno ao Real