Caqueret não está feliz no Olympique de Lyon. Confira declaração do jogador francês

O Olympique de Lyon enfrenta uma temporada desafiadora no campeonato francês, registrando o pior início de sua história, encontrando-se na última posição após 13 rodadas. A equipe, inicialmente liderada por Laurent Blanc, enfrentou desafios de desempenho e desconforto com o treinador, resultando em sua substituição por Fábio Grosso. Contudo, a situação se agravou com uma agressão ao treinador italiano pelos adeptos, deixando o clube em crise. A média de apenas 9 gols marcados na Ligue 1 reflete a dificuldade do time em obter resultados, levando os dirigentes a considerar mudanças e investimentos no mercado de inverno para reverter a situação insustentável.

O Olympique de Lyon está fazendo uma má campanha no campeonato francês desta temporada. Em entrevista ao Teléfoot, Maxence Caqueret falou sobre a situação de sua equipe. O meio-campista garante que permanecerá no clube para tentar ajudar sua equipe a se reerguer durante o restante da temporada.

“A situação me entristece muito. Há três anos, eu não imaginava estar jogando neste clube… Vamos ter que segurar, não cair, e continuar, porque esse é o objetivo aqui no OL.”

Caqueret declarou.

Jogadores aguardam por um resultado positivo para conquistar uma boa série de vitórias. No entanto, o mau desempenho até agora nesta temporada é evidente. Ao mesmo tempo, os torcedores começam a desesperar, uma vez que o time se encontra na zona de rebaixamento, algo impensável no início da temporada.

Troca de Técnico

O clube começou a temporada com Laurent Blanc como treinador, mas o nível de jogo deixou muito a desejar. Ao mesmo tempo, os jogadores sentiram algum desconforto com o treinador francês. Ele foi substituído por Fábio Grosso, que, apesar do esforço, não conseguiu levantar sua equipe.

Há algumas semanas, o treinador italiano foi alvo de uma forte agressão por parte dos torcedores do Lions. O treinador ainda está se recuperando de um traumatismo craniano. Portanto, a situação do clube é insustentável, e o clube precisa de bons resultados para acalmar seus fãs.

Na entrevista, Caqueret também comentou sobre as exigências dos torcedores. O meio-campista francês garantiu que agora jogam com mais agressividade, mas que é difícil obter resultados. Acrescentou que precisam ser mais eficazes tanto na zona defensiva quanto no ataque.

O pior início da história do Olympique de Lyon

É a primeira vez na história da equipe francesa que, após 13 rodadas, se encontra na última posição da tabela. Tem apenas 7 pontos. No entanto, eles têm dois jogos a menos do que muitas das equipes. Por enquanto, estão a 5 pontos da zona de salvação. O Lorient tem 12 pontos e está em 15º lugar.

O fato mais relevante que surpreende os torcedores é a fraca média de 9 gols marcados na Ligue 1. É a segunda equipe com menos gols na competição. A primeira é o Clermont, que marcou apenas 8 gols. É também a terceira equipe com mais gols na liga.

Os dirigentes esperam resultados para o resto do ano. Parece certo que irão investir em mudanças para o mercado de inverno. Ao mesmo tempo, é provável que sejam confirmadas algumas saídas da equipe. A situação não está sendo boa para o Lyon.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

noticias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Europeu > Champions League > Caqueret não está feliz no Olympique de Lyon. Confira declaração do jogador francês