Futebol em choque: Escobar, do Fortaleza, sofre trauma cranioencefálico após ataque

Entre os jogadores feridos pelo ataque ao ônibus do Fortaleza, o lateral Escobar tem o caso mais grave. Com trauma cranioencefálico, o jogador apresenta perda transitória de consciência. Apesar do quadro, em suas redes sociais, Ecobar diz que está bem.

O ataque ao ônibus do Fortaleza, ocorrido na saída da Arena Pernambuco após o jogo contra o Sport pela Copa do Nordeste, causou comoção e revolta, não apenas entre os torcedores, mas também na comunidade esportiva como um todo.

O incidente, que envolveu apedrejamento ao veículo, resultou em seis atletas do Leão machucados. Após o ataque ao ônibus da equipe do Fortaleza diversos jogadores ficaram feridos. Entre os jogadores feridos, o lateral Escobar foi o mais gravemente atingido, sofrendo um trauma cranioencefálico.

Perda de consciência transitória

De acordo com o Diretor de Saúde e Performance do clube, doutor Cláudio Maurício, Escobar teve uma perda transitória de consciência e precisou receber suporte na UTI até recuperar um pouco de consciência.

“Gonzalo Escobar foi o mais severamente ferido fisicamente. Além dos cortes no rosto e na boca, ele sofreu um trauma cranioencefálico. Não podemos afirmar se foi causado pelos fragmentos da bomba ou por pedras. Ele teve uma perda transitória de consciência, tanto que foi inicialmente para a UTI. Recebeu suporte lá até recuperar um pouco de consciência”, revelou o especialista.

Apesar do susto, jogador afirma que está bem

Apesar das informações médicas gerarem preocupação, o jogador usou as redes sociais para tranquilizar familiares, amigos e fãs, agradecendo o apoio recebido após o acidente e informando que estava em casa e passa bem.

“Quero que minha família e meus amigos saibam que estou bem. Obrigado a todas as pessoas que se preocuparam e escreveram, mandaram forças e oraram por toda a equipe”, postou o atleta.

Desafios dentro e fora de campo

O jogador Escobar, que agora enfrenta um longo processo de recuperação, representa um alerta para a necessidade de medidas mais efetivas para garantir a segurança de todos os envolvidos no esporte.

Apesar dos desafios enfrentados, o Fortaleza segue em frente, preparando-se para o próximo desafio na Copa do Brasil. Enquanto isso, a comunidade esportiva se une em solidariedade aos jogadores feridos e em clamor por justiça e paz nos estádios e arredores.

Acompanhe notícias do Fortaleza no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Brasileirão Série A > Futebol em choque: Escobar, do Fortaleza, sofre trauma cranioencefálico após ataque