O adeus ao ‘Velho Lobo’: futebol brasileiro chora a perda de Zagallo

Mário Jorge Lobo Zagallo, único tetracampeão mundial, faleceu aos 92 anos no Rio de Janeiro. Sua carreira lendária e vitoriosa como jogador e técnico marcou o futebol brasileiro, deixando um legado de paixão e conquistas.

O que aconteceu

Na noite desta sexta-feira, o mundo do futebol perdeu uma de suas maiores lendas, Mário Jorge Lobo Zagallo, o único tetracampeão mundial, aos 92 anos. O ex-jogador e técnico faleceu no Hospital Barra D’Or, no Rio de Janeiro, após uma internação desde o final de dezembro, em decorrência da falência múltipla de órgãos.

Zagallo, carinhosamente conhecido como o “Velho Lobo”, deixou um legado extraordinário no futebol brasileiro e internacional. Sua trajetória vitoriosa inclui títulos nas Copas do Mundo de 1958 e 1962 como jogador, e em 1970 e 1994 como treinador. Ele é o único a participar de quatro conquistas mundiais, sendo um ícone indiscutível do esporte.

“Eterno tetracampeão mundial”

A família, em comunicado divulgado nas redes sociais, expressou profundo pesar pelo falecimento do “eterno tetracampeão mundial”. Em suas palavras, Zagallo foi descrito como um pai devotado, avô amoroso, sogro carinhoso, amigo fiel, profissional vitorioso e um grande ser humano. 

Agradeceram a Deus pelo tempo que puderam compartilhar com ele e pediram conforto nas boas lembranças e no exemplo deixado.

O ex-técnico, que também era conhecido por sua superstição em relação ao número 13, ficou marcado não apenas por suas conquistas, mas pela paixão que demonstrava pela seleção brasileira. Ele participou de quatro das cinco Copas do Mundo vencidas pelo Brasil, tornando-se uma figura icônica e insubstituível na história do futebol verde e amarelo.

Lula lamentou a perda de um “corajoso” campeão mundial

O presidente Lula lamentou o falecimento do Velho Lobo, descrevendo Zagallo como corajoso, dedicado, apaixonado e um exemplo de brasileiro que não desistia nunca. Em mensagem nas redes sociais, Lula destacou a grandiosidade das conquistas individuais do ex-jogador e técnico, ressaltando sua participação fundamental na histórica seleção de 1970.

O legado de Zagallo vai além das taças e dos títulos. Ele deixa uma lição de carinho, amor, dedicação e superação para o país e o futebol mundial. Seu apego ao número 13, sua paixão pela camisa verde e amarela, e suas conquistas memoráveis permanecerão vivos na memória de todos que amam o esporte mais popular do mundo.

Acompanhe mais notícias sobre o falecimento do Velho Lobo no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > O adeus ao ‘Velho Lobo’: futebol brasileiro chora a perda de Zagallo