Empossado, Julio Casares inicia segundo mandato à frente do São Paulo

Julio Casares assume seu segundo mandato como presidente do São Paulo Futebol Clube até 2026, destacando avanços na gestão anterior e parcerias comerciais para fortalecer o clube. Quatro membros do Conselho de Administração também foram empossados.

No primeiro dia do ano de 2024, Julio Casares foi oficialmente empossado para o seu segundo mandato como presidente do São Paulo. A cerimônia de posse ocorreu durante uma reunião do Conselho Deliberativo do clube no estádio do Morumbi.

Ao lado de Harry Massis, que assume o cargo de vice-presidente, Casares conduzirá o clube até o final de 2026. A trajetória de Casares à frente do São Paulo foi marcada por conquistas notáveis, incluindo a vitória no Campeonato Paulista nos primeiros meses de seu primeiro mandato, quebrando um jejum de oito anos sem títulos.

Em 2023, veio a cereja do bolo: a equipe conquistou a inédita Copa do Brasil, recolocando de vez o clube no rol dos protagonistas do futebol brasileiro. A expectativa é que o segundo mandato de Casares continue a trilhar caminhos de sucesso para o Tricolor Paulista.

Balanço do Primeiro Mandato

No discurso de posse, Casares destacou os avanços conquistados durante sua primeira administração, que teve início em janeiro de 2021. Enfrentando desafios como a pandemia e incertezas financeiras, o presidente ressaltou a superação e o comprometimento da gestão. Em particular, mencionou o expressivo apoio da torcida, que quebrou recordes de bilheteria em 2023.

“Há três anos eu dizia que a preocupação não era apenas deixar um quadro na parede, mas deixar um legado. Acho que nesses três anos nós encontramos um caminho. Nós assumimos com uma dificuldade da pandemia, uma incerteza quanto às dívidas, mas o futebol respondeu. Em 2023, o torcedor compareceu, quebrou todos os recordes de bilheteria e nos deu a cumplicidade. Quero cumprimentar todas as áreas e diretorias. A gestão continua e tenho convicção de que o São Paulo tem muito a percorrer”, disse o presidente.

Perspectivas futuras

Além disso, Casares anunciou medidas para fortalecer comercialmente o São Paulo, consolidando parcerias estratégicas. O clube fechou acordos com a New Balance para o fornecimento de material esportivo e a Superbet para o patrocínio máster.

Além disso, a Mondelēz adquiriu os naming rights do Morumbi por três anos, resultando na denominação Morumbis. Um acordo de exclusividade com a Live Nation permitirá que o estádio receba diversos eventos nos próximos cinco anos, gerando uma receita significativa para o Tricolor.

Nova administração e conselho de administração empossados

Além da posse de Casares e Massis, quatro membros do Conselho de Administração também foram empossados: Leandro Alvarenga, José Alberto Rodrigues dos Santos, Vinícius de Medeiros e Paulo Amaral, este último indicado pelo Conselho Consultivo.

A solenidade reforçou o compromisso da gestão em manter a transparência e a participação dos diversos setores do clube na tomada de decisões.

Eleição Sem Oposição

Vale ressaltar que a eleição que reconduziu Julio Casares à presidência ocorreu em 8 de dezembro, sem oposição, com o candidato único recebendo 194 votos favoráveis, além de 30 votos em branco e 10 nulos. O processo democrático, restrito aos membros do Conselho Deliberativo, contou com uma expressiva participação de 92%.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Brasileirão Série A > Empossado, Julio Casares inicia segundo mandato à frente do São Paulo