Bomba! É descoberto que Neymar emprestou dinheiro e forneceu suporte jurídico a Daniel Alves, que continua preso

Neymar e família ofereceram apoio financeiro e jurídico a Daniel Alves, preso em Barcelona por acusação de agressão sexual. Transferência de R$800 mil buscou reduzir pena mediante pagamento de multa.

Neymar e sua família entraram em cena para oferecer suporte financeiro e jurídico a Daniel Alves, preso em Barcelona há quase um ano sob a acusação de agressão sexual.

De acordo com informações obtidas pelo portal UOL, Neymar da Silva Santos, o pai do jogador, transferiu uma quantia considerável de dinheiro, cerca de R$ 800 mil, para auxiliar na defesa de Daniel Alves. 

Multa de 150 mil euros

Este valor foi destinado a pagar uma multa de 150 mil euros imposta pela Justiça espanhola, sob o título de “atenuante de reparação de dano causado”. Essa quantia, se paga, pode resultar na redução da pena de Daniel, caso ele seja condenado.

Além do apoio financeiro, Neymar Pai cedeu os serviços de Gustavo Xisto, um dos representantes jurídicos mais antigos das empresas do próprio Neymar. Xisto assumiu o papel de procurador de Daniel Alves, enquanto o jogador destituía sua ex-mulher, Dinorah Santana, da gestão de seu patrimônio, conforme registrado pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil em 28 de junho de 2023.

Momento de Daniel Alves é muito turbulento

A ação de Neymar e sua família surge em meio a um contexto tumultuado para Daniel Alves, que enfrenta não apenas as acusações criminais, mas também uma disputa por seu patrimônio no Brasil. Suas contas foram bloqueadas devido a uma ruptura com sua ex-mulher e uma ação por falta de pagamento de pensão alimentícia.

A lei espanhola permite que o pagamento da multa, denominada “atenuante de reparação de dano causado”, possa influenciar na redução da pena de nove para seis anos de prisão, caso haja uma condenação. A assistência financeira e jurídica de Neymar e sua família pode ser crucial para o desfecho do caso, que envolve alegações de agressão sexual ocorridas em dezembro de 2022 em uma boate de Barcelona.

O estafe de Neymar não quis fazer comentários sobre o assunto. O caso continua envolto em polêmicas e contradições, com Daniel Alves buscando diversas estratégias legais, incluindo a possibilidade de um acordo para confessar o crime, conforme noticiado pelo jornal “El Español”. A defesa do ex-jogador enfrenta desafios, e o desenrolar dos acontecimentos será aguardado com expectativa pelos fãs e seguidores do esporte.

Acompanhe mais notícias sobre o Neymar no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Bomba! É descoberto que Neymar emprestou dinheiro e forneceu suporte jurídico a Daniel Alves, que continua preso