São Paulo negocia contrato milionário de naming rights para o Morumbi

O São Paulo está em estágio avançado nas negociações para vender os naming rights do estádio Morumbi à Mondelēz, conhecida pela marca de chocolate Bis. Por isso, o estádio se chamaria “Morumbis”. Com duração de três anos, a parceria vai proporcionar ao clube um ganho financeiro estimado em até R$ 90 milhões durante o segundo mandato do presidente Julio Casares. Apesar dos ganhos financeiros, mudança do nome gera especulações sobre a aceitação da torcida.

O São Paulo Futebol Clube encontra-se em estágio avançado para fechar um contrato vultuoso de venda de naming rights para o estádio Cícero Pompeu de Toledo, mais conhecido como Morumbi. O acordo, previsto inicialmente para três anos, está na fase de troca de minutas de contrato e tem previsão de ser oficializado nos próximos dias.

Morumbis: novo nome do estádio em acordo histórico

As negociações envolvem a renomada empresa do ramo alimentício Mondelēz, detentora da conhecida marca de chocolate Bis. Caso o contrato seja efetivado, o estádio passará a ser denominado “Morumbis” durante o período de três anos, com a expectativa de que essa mudança já esteja em vigor durante o Campeonato Paulista.

A Mondelēz se compromete a desembolsar para o São Paulo uma quantia anual entre R$ 25 milhões e R$ 30 milhões. Essa cifra supera a média anual dos contratos de naming rights da Allianz e da Hypera Pharma, que atendem às arenas do Palmeiras e Corinthians, respectivamente. Apesar disso, os contratos dos rivais possuem uma duração mais extensa, estendendo-se por 20 anos.

O contrato vai durar até o fim do mandato de Casares

O período de três anos do acordo coincide com o segundo mandato do presidente Julio Casares, que foi reeleito em dezembro do ano passado. Com essa transação, o São Paulo estima um ganho financeiro significativo, podendo chegar a até R$ 90 milhões durante o período de vigência do contrato.

A parceria com a Mondelēz não se limita apenas à mudança de nome do estádio. O contrato abrange diversas ativações tanto dentro quanto fora do Morumbi. Procurado pelo portal ge, o São Paulo optou por não comentar sobre os detalhes da negociação.

Dúvidas sobre aceitação da torcida

Com a divulgação da notícia, começam as especulações sobre como a torcida do São Paulo vai aceitar a ideia, levando em consideração que a mudança do nome do Morumbi sempre foi um tabu para os são-paulinos. No programa Fim de papo da UOL, a jornalista Marília Ruiz opinou sobre o caso.

“Eu acho que os times brasileiros ainda engatinham nessa vontade de diversificar os potes de ouro, sabe, ter mais fontes de renda que não seja só a venda de jogador. Desse ponto de vista, eu considero uma iniciativa boa. Não tenho certeza em relação ao valor e também não tenho certeza em relação à comunidade são-paulina, como é que vai aceitar essa ideia”, ponderou a jornalista.

Acompanhe notícias do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Brasileirão Série A > São Paulo negocia contrato milionário de naming rights para o Morumbi