“Vou acionar o Ministério Público” – Dirigentes do Botafogo culpam a arbitragem por terem perdido a liderança

Durante o evento de apresentação do Campeonato Carioca 2024, Thairo Arruda, CEO do Botafogo, anunciou a intenção de formalizar uma denúncia ao Ministério Público sobre supostos erros de arbitragem no Brasileirão de 2023. Baseando-se em um dossiê da Good Game!, os botafoguenses afirmam que há um viés a favor do Palmeiras. O relatório indica que, corrigindo os equívocos, o Botafogo teria 21 pontos a mais que o atual líder, questionando a imparcialidade da arbitragem.

Em uma entrevista realizada durante o evento de apresentação do Campeonato Carioca 2024, Thairo Arruda, CEO do Botafogo, anunciou que a diretoria do clube pretende formalizar denúncias ao Ministério Público em relação a supostos erros de arbitragem enfrentados durante o Brasileirão deste ano.

O objetivo é instigar uma investigação sobre a conduta dos árbitros na Série A, alegando um viés favorável ao Palmeiras. Os botafoguenses baseiam suas alegações em um dossiê elaborado pela empresa francesa de análises, Good Game!, encomendado por John Textor, dono da SAF do Botafogo.

Favorecimento da arbitragem

O relatório da Good Game! destaca que, segundo critérios de arbitragem considerados “corretos”, o clube carioca deveria ter acumulado 21 pontos a mais durante a competição, alterando significativamente sua posição na tabela. O documento revela que, se não fossem os equívocos na arbitragem, o Botafogo estaria na liderança com 83 pontos, 21 a mais do que o atual líder

“Quando ele (Textor) trouxe o relatório de todas essas partidas, entendemos que há um desbalanceamento dos erros, talvez um viés a favor do Palmeiras. Quando você analisa os erros ponto a ponto talvez não se enxergue isso, mas se olhar o contexto consegue entender que todas as vezes o favorecimento é de um lado e os erros são do outro. A arbitragem brasileira é bastante contestada, mas será que é igual para todos?”, disse Thairo.

Palmeiras supostamente beneficiado

O CEO do Botafogo ressaltou a necessidade de esclarecer o que ele chama de “desbalanceamento dos erros” que, segundo Arruda, possivelmente favoreceu o Palmeiras. Thairo Arruda, CEO do Botafogo, enfatiza que os supostos erros de arbitragem são responsáveis pela liderança do Palmeiras no Brasileirão. O cartola fez questão de defender a empresa Goog Game!, responsável pela elaboração do relatório.

“É a maior empresa do mundo em relação a análise de arbitragem. Eles prestam serviços para ligas, polícia europeia… É uma empresa totalmente independente no que faz. Quando Textor contratou essa empresa foi no sentido de tirar o Botafogo analisar a própria partida”, acrescentou Thairo.

Ministério Público

Tairo também confirmou a intenção de denunciar ao Ministério Público, na qual o relatório de auditoria privada elaborado pela Good Game! a pedido do empresário John Textor seria uma das provas, mas não a única.

“Vamos acionar o Ministério Público em breve para poder fazer uma denúncia formal e deixar as investigações a cargo das autoridades. A base não vai ser só esse documento, mas isso é um início para que o Ministério Público consiga entender que existe um problema na arbitragem brasileira e possa levar isso adiante” concuiu Thairo Arruda.

Acompanhe notícias do Botafogo no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

1 comentário em ““Vou acionar o Ministério Público” – Dirigentes do Botafogo culpam a arbitragem por terem perdido a liderança”

  1. Deus do céu, sou botafoguense, estas atitudes só pioram a vergonha que estão nos fazendo passar, a arbitragem brasileira é um desastre, mas daí a responsabilizar os erros de arbitragem pelo vergonhoso desempenho de nossa equipe é ufanismo. Os erros de avaliação de nossa diretoria e a soberba de achar que o campeonato estava ganho, a supervalorização de nossa equipe, que na realidade é apenas mediana, resultaram no desastre que estamos vivenciando, nada além disto.

    Responder
Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Brasileirão Série A > “Vou acionar o Ministério Público” – Dirigentes do Botafogo culpam a arbitragem por terem perdido a liderança