Borrachinha esnoba Chimaev e desafia Robert Whittaker

Em uma postagem nas suas redes sociais, Paulo Borrachinha descarta confronto com Khamzat Chimaev e desafia Robert Whittaker para uma luta em fevereiro de 2024. A provocação ao checheno, acusado de se esconder, e o histórico de controvérsias na tentativa anterior com Whittaker marcam a postagem do brasileiro. Aos 31 anos e atualmente quinto no ranking peso-médio do UFC, Borrachinha busca um retorno triunfante ao octógono depois de mais de um ano de inatividade.

Com Dricus Du Plessis confirmado como o próximo desafiante ao cinturão dos pesos-médios, surgiram especulações sobre a remarcação do aguardado confronto entre Borrachinha e Khamzat Chimaev. Contudo, informações indicam que as negociações nessa direção não avançaram, levando o brasileiro a definir um novo alvo.

Por meio de suas redes sociais, Paulo Borrachinha lançou um desafio ao ex-campeão Robert Whittaker, sugerindo um confronto agendado para fevereiro de 2024. O brasileiro, que não enfrentou Chimaev no UFC 284 devido a uma infecção no cotovelo, acusou o checheno de se esconder e destacou a busca ativa de Whittaker por um novo desafio no Ultimate.

Provocação a Chimaev

Esta não é a primeira vez que o possível embate entre Borrachinha e Chimaev dá errado. Um duelo entre os dois foi anunciado para o UFC 284 em outubro, em Abu Dhabi. Entretanto, como dissemos antes, a luta foi cancelada após o brasileiro contrair uma infecção no cotovelo. Em sua postagem no X (antigo Twitter), o lutador brasileiro não deixou de alfinetar o checheno.

“O gourmet chechen (Khamzat Chimaev) está completamente escondido. Whittaker, está procurando por uma luta? Eu luto em fevereiro”, escreveu o mineiro.

Histórico com Whittaker

Este não é o primeiro capítulo de controvérsias envolvendo uma potencial luta entre Paulo Borrachinha e Robert Whittaker. No início do ano, o Ultimate chegou a anunciar oficialmente o embate para uma edição do UFC sediada na Austrália, apenas para o brasileiro desmentir logo em seguida, afirmando não ter assinado contrato. O histórico de adiamentos e desencontros de versões levanta questões sobre a possibilidade real deste confronto realmente acontecer.

Aos 31 anos, Paulo Borrachinha figura como o quinto colocado no ranking da divisão peso-médio do UFC. Com um cartel de 16 lutas no MMA profissional, o mineiro venceu 14 combates e sofreu apenas duas derrotas. Sua última performance ocorreu em agosto do ano passado, quando conquistou uma vitória por decisão unânime sobre o ex-campeão Luke Rockhold.

Fique por dentro de tudo sobre o UFC na conta oficial do torneio no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Arte Marcial > MMA > Borrachinha esnoba Chimaev e desafia Robert Whittaker