Bico Fechado: Globo paga Linhares Júnior e encerra disputa judicial com Narrador 

Publicado :

A disputa entre a Globo e o narrador Linhares Júnior chegou ao fim com um acordo extrajudicial que pôs termo a um processo por direitos trabalhistas e alegações de assédio moral. A Globo concordou em pagar cerca de R$ 1,1 milhão, apesar do narrador ter inicialmente pleiteado R$ 4,6 milhões. Linhares Júnior alegou ter sido vítima de assédio moral por um gerente esportivo da empresa, enquanto a Globo afirmou que seu desligamento já estava planejado meses antes. Agora, as partes não podem mais discutir o assunto publicamente.

Vitória do povo trabalhador. Após meses de controvérsia e perrengue, chegou ao fim a disputa entre a emissora Globo e o seu antigo funcionário, o narrador Linhares Júnior, que anunciou em abril deste ano um processo contra a empresa, reivindicando direitos trabalhistas, alegando ter sido vítima de ‘assédio moral’.

Conversa de bastidores

De acordo com informações da imprensa, o acordo que encerrou a celeuma entre as duas partes foi estabelecido de forma extrajudicial e posteriormente homologado na 9ª Vara do Trabalho da Justiça de São Paulo, estabelecendo o seu fim definitivo. Nos documentos, revela-se que a Globo desembolsou cerca de R$ 1,1 milhão como parte do acordo, apesar de Linhares Júnior ter inicialmente pedido R$ 4,6 milhões à justiça. O profissional, que é casado com uma apresentadora também demitida do SBT, chegou a afirmar que estavam vivendo uma fase difícil, sem os respectivos vínculos trabalhistas:

“Minha mulher está desempregada também. Ela trabalhava no SBT como apresentadora e saiu no começo do ano. A gente está com uma dificuldade ‘braba’, e até agora o SBT não pagou ela” afirmou Linhares em abril, quando o processo veio à tona.

Assédio Moral

A controvérsia ganhou contornos quando Linhares alegou ter sofrido assédio moral dentro da própria emissora. Ele afirma ter sido chamado de “narrador ultrapassado” por um dos gerentes esportivos pouco antes de seu desligamento, em outubro de 2021. A Globo, ao ser interpelada sobre a denúncia, alegou que o desligamento do narrador já estava planejado meses antes, reforçando seu compromisso com a apuração criteriosa de relatos de assédio moral ou sexual assim que é tomado conhecimento. Apesar disso, reservou-se ao direito de manter-se calada, pois “não comenta processos sub júdice”.

Na época da demissão, Linhares admitiu:


“Eu me coloquei à disposição para ir ao Rio de Janeiro, onde se tem mais estúdios para transmissão, e ouvi que era um narrador com um estilo antigo e ultrapassado. Me senti humilhado. Fiz a denúncia na ouvidoria da Globo e, 20 dias depois, fui chamado para uma reunião. Falei com um amigo: ‘Ou irão me dar uma bronca ou vão me demitir’. Me demitiram”.

Dinheiro no bolso

Com o novo acordo valendo, a Globo estipula que Linhares não deverá mais discutir publicamente o assunto, sob pena de pagamento de uma multa previamente estipulada. Fora da maior emissora do Brasil, Linhares prossegue sua carreira na RIC TV, afiliada da Record no Paraná, e lidera a mídia esportiva da Jovem Pan no Paraná. Nesse novo projeto, Linhares narra os jogos do Campeonato Paranaense, representando o desafio de criar terreno e abrir espaço para novas modalidades de cobertura em sua carreira.

Acompanhe novidades sobre o mundo dos narradores e do esporte no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 21 de Julho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Profissionais > Bico Fechado: Globo paga Linhares Júnior e encerra disputa judicial com Narrador