Bateu o martelo: CBF prorroga fim do Brasileirão pra ninguém sair perdendo

Amanda Alvarez

Publicado :

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) optou por adiar o término do Campeonato Brasileiro Masculino da Série A 2023 de 3 para 6 de dezembro devido a desafios no calendário. Conflitos com as datas da Conmebol, como a criação de uma nova fase na Conmebol Sul-Americana, e situações específicas, como apagões em estádios, impactaram o calendário original. A medida visa garantir a integridade e equilíbrio técnico da competição.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou na última sexta-feira, 27 de outubro, a decisão de adiar o encerramento do Campeonato Brasileiro Masculino da Série A 2023 do dia 3 de dezembro para 6 de dezembro. Com apenas 3 dias a mais, a medida tem como objetivo acomodar jogos atrasados na competição, nos quais ocorreram conflitos no calendário.

Motivos e razões

De acordo com a nota emitida pela CBF, a postergação do término do Brasileirão se deu após um meticuloso processo de análise, com a realização de simulações e estudos elaborados pela entidade. O objetivo principal é assegurar a integridade e o equilíbrio técnico da competição, além de garantir que o futebol brasileiro não perca conquistas importantes nesta temporada, como a preservação das Datas-FIFA.

Em dezembro de 2022, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), responsável por eventos como a Copa Sul-Americana e a Libertadores da América, alterou seu calendário para 2023, incluindo a criação de uma nova fase na Conmebol Sul-Americana, com três datas não previstas anteriormente. Isso gerou um conflito com o calendário das competições nacionais da CBF, que já havia sido divulgado em setembro de 2022, após a publicação do calendário da Conmebol.

Fora de controle

Essas mudanças tiveram impacto nas datas de escape, as quais já existem, sendo planejadas justamente para acomodar eventuais imprevistos em partidas da Série A. Além disso, situações específicas, como o jogo entre Fortaleza e Botafogo, adiado por conta de apagões no Estádio Nilton Santos, também impactaram fortemente o desempenho pleno do calendário.

Outro exemplo de situação que foge do controle, é a do  jogo entre Flamengo e Red Bull Bragantino, adiado devido à utilização do Maracanã para a final da Libertadores, entre Fluminense e Boca Juniors, que acontece no próximo sábado, 04 de novembro. Assim, a prorrogação do Brasileirão em três dias visa acomodar essas complexidades de agenda, garantindo a continuidade da competição sem prejuízos para clubes, atletas e torcedores.

Últimos compromissos

Para fechar a temporada, o Cuiabá vai receber o Athletico-PR como adversário na última partida do Brasileirão, que acontecerá na Arena Pantanal em 6 de dezembro, ainda sem horário estipulado. O Dourado, dos nove jogos restantes da Série A, fará quatro deles em casa, proporcionando uma conclusão emocionante para mais uma temporada do mais excitante campeonato nacional.

Acompanhe no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 19 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Futebol > Futebol Brasileiro > Bateu o martelo: CBF prorroga fim do Brasileirão pra ninguém sair perdendo