A cara nem arde! Lutador de UFC desafia Lebron James e promete surra por uso de apelido

Publicado :

O lutador do UFC, Bobby Green, desafiou LeBron James, ícone da NBA, pelo direito de usar o apelido "King." Green, confiante em suas habilidades no octógono, declarou seu interesse em enfrentar o astro do basquete, embora LeBron ainda não tenha respondido ao desafio. Ambos os atletas têm impressionantes históricos em seus respectivos esportes, com Bobby Green sendo um experiente competidor do UFC e LeBron James sendo uma lenda da NBA com quatro títulos e várias conquistas em seu currículo.

Quem tem boca fala o que quer! Um desafio inusitado ganhou os holofotes nos últimos dias. Bobby Green, lutador norte-americano dos pesos-leves do UFC, conhecido pelo apelido “King,” peitou uma figura ímpar, transcendendo os limites do octógono. Ele desafiou ninguém menos que LeBron James, uma das maiores lendas da história da NBA, em busca do direito exclusivo ao apelido “King.”

Direitos autorais?

Bobby Green, que chegou a considerar a possibilidade de legalizar o apelido como parte de seu nome, não titubeou na hora de expressar sua vontade em enfrentar o astro do basquete. A polêmica afirmação foi feita em uma coletiva de imprensa, antes de seu confronto marcado com Grant Dawson no UFC Vegas 80. Green afirmou de forma enfática

“Na hora. Sem pestanejar, sem sequer pensar sobre isso. Claro que sim! Eu daria uma surra nele. Se LeBron quisesse lutar comigo, não seria acirrada. Não seria acirrada! Ele é um cara grande, mas ele não tem as habilidades (para lutar), desculpa. Habilidades pagam as contas.”

Lebron ‘nem tchum’

A polêmica repercutiu nas mídias, fazendo com que o nome de Green ganhasse as manchetes de todo mundo. Apesar da atenção recebida, até o momento, LeBron James preferiu ignorá-lo, permanecendo em silêncio quanto ao desafio lançado por Green. Afinal, estamos falando da lenda do basquete “King James”, que possivelmente já considera sua carreira  tão impressionante que não sinta a necessidade de aceitar o desafio ou sequer retrucar as falas infames do lutador do UFC.

Currículos e feitos

 O atleta das quadras de basquete ganhou esse apelido por merecimento: conquistou quatro títulos da NBA por três franquias diferentes (Miami Heat, Cleveland Cavaliers e Los Angeles Lakers), quatro prêmios de MVP das finais e da temporada, 19 indicações para o All-Star Game, além de ostentar três medalhas olímpicas, duas delas de ouro, e um filme em Hollywood.

Já Green, aos 37 anos de idade, é um dos atletas mais experientes da principal Liga de MMA do mundo. Apesar de vir enfrentando  algumas dificuldades em suas últimas lutas, ele ostenta um histórico de 30 vitórias, 14 derrotas e um empate, incluindo uma vitória notável sobre o veterano Tony Ferguson em sua luta mais recente.

Confronto improvável

A perspectiva de um embate entre dois “Reis” dos esportes, entretanto, não deve acontecer. Esse tipo de provocação é comum no mundo das lutas, onde o atleta deve mostrar coragem e rebeldia, como forma de “agitar” seus próximos confrontos. Além disso, o UFC não é nenhum Fight Show, que acolhe celebridades desesperadas por alguma atenção, como o caso das recentes lutas brasileiras que ganharam os holofotes. De qualquer modo, aguardamos ansiosamente qualquer resposta de LeBron James a esse desafio inusitado lançado por Bobby Green.

Acompanhe novidades do UFC no X (antigo Twitter):

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

Aposta nas melhores casas de apostas do dia 17 de Junho 2024

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Arte Marcial > MMA > A cara nem arde! Lutador de UFC desafia Lebron James e promete surra por uso de apelido