Contender Series: Brasileiro dá show e ganha contrato com UFC

Publicado :

O lutador brasileiro Carlos Prates deu um show no Contender Series e ganhou um contrato com o UFC. Ele nocauteou o norte-americano Mitch Ramirez no segundo round e impressionou Dana White, o chefão do UFC, que o comparou com Anderson Silva em seus dias de glória. Prates mostrou que está preparado para ser uma estrela do UFC, falando fluentemente em inglês e demonstrando confiança no seu taco.

O Contender Series é mesmo uma máquina de revelar de talentos. Desde que surgiu, em 2017, o show vem fazendo reluzir importantes figuras do MMA, as quais, ao vencer a edição, ganham um contrato com o UFC, principal Liga do esporte no mundo, e também organizadora do próprio programa. A última edição revelou mais um brasileiro: Carlos Prates deu um show no ar, mostrando a todos para que veio.

Garoto Sensação

No ar, Carlos ‘Carlão’ Prates nocauteou o norte-americano Mitch Ramirez, invicto na carreira de lutas até aquele momento. A performance de Prates não passou batida, chamando atenção de Dana White, chefão do UFC que não duvidou em assinar o contrato com o seu mais novo funcionário, chegando a compará-lo com Anderson Silva em seus dias de glória:

“Eu acabei de falar que preciso de mais brasileiros. Suave. Calmo. Violento. Combinações absolutamente selvagens. No primeiro round ele acertou 70% dos golpes, a média do UFC é de 44%. E ele voltou para o segundo round ainda melhor, acabou com a luta. Esse garoto tem cartel de 17-6 agora, 30 anos de idade e já pode entrar no bolo, pode lutar com qualquer um. Do jeito que ele lutou essa noite, me lembrou o Anderson Silva das antigas. Esse cara com certeza cabe no UFC!”, afirmou White ao anunciar a contratação de Carlos Prates.

A Luta

O confronto não durou muito: já no segundo round, com pouco mais de um minuto o brasileiro conseguiu o nocaute. Ramirez caiu no chão, já meio fora de órbita. Prates sequer foi para cima do oponente, uma vez que a luta foi imediatamente interrompida pelo juiz. 

De fato, há semelhança com Anderson Silva: Carlão aplicou apenas um jab e um direto para derrotar o americano, no melhor estilo Silva versus Forrest Griffin.

Preparado

Vitorioso, Prates ainda demonstrou jogo de cintura e boa preparação, ao bater um papo com o próprio Dana White. Exibindo seu inglês fluente, o lutador mostrou que reúne todo o necessário para assumir um posto de astro do UFC. Durante a entrevista ele também pôde mostrar sua desenvoltura com o idioma, ao falar no microfone:

“Eu falei para o Dana depois da luta: eu estou aqui para ser a próxima estrela do meio-médio. Eu posso falar, posso lutar e posso ganhar. E quer saber? Vou fazer tudo isso! Tudo que eu falo, eu vou fazer! Eu vou ser a próxima estrela!”, disse Prates.

Carlos Prates estreia no UFC com uma carreira que conta com 17 vitórias e 6 derrotas.

Acompanhe a repercussão da luta no Twitter:

Siga @esporteemidiabr no Instagram e Twitter e tenha acesso às nossas novidades através das redes sociais.

notícias

Deixe um comentário

Você está aqui: Início > Arte Marcial > MMA > Contender Series: Brasileiro dá show e ganha contrato com UFC